Você está aqui: Página Inicial > Extensão > Programas > Centros de Memória

Apresentação

por Comunicação Social da Reitoria publicado 08/12/2015 14h42, última modificação 30/03/2016 12h36
Conheça os objetivos dos Centros de Memória.

Mapa Atualizado dos Centros de Memória

 O Programa Centros de Memória do IFFluminense é um Programa Institucional multicampi fomentado pela Pró-reitoria de Extensão e Cultura. Iniciado em 2012, o Programa visa preservar e divulgar a memória e a história do Instituto Federal Fluminense e dos locais e regiões nos quais atua, a partir da realidade histórico-cultural dos diversos campi que o compõem, em sua integração com o território local.

 Uma das premissas principais de cada Centro de Memória que participa deste Programa está na interação com grupos sociais da região, buscando apoiar a preservação e divulgação de seu acervo histórico-cultural. O uso de recursos audiovisuais e outras tecnologias da informação tem auxiliado os Centros de Memória a atuarem no registro, divulgação e conscientização de preservação do patrimônio cultural material e imaterial das comunidades.

 Nesse sentido, cada Centro de Memória desenvolve projetos voltados para a identificação, preservação e divulgação da memória regional, de acordo com projetos específicos, relacionados com a realidade regional onde está inserido.

 O Programa conta atualmente com 11 Centros de Memória, os quais estão instalados nos campi Cabo Frio, Macaé, Quissamã, Campos Centro, Campos Guarus, Bom Jesus do Itabapoana, Itaperuna, a Unidade de Pesquisa e Extensão Agroambiental (Upea/Rio Paraíba do Sul), campus Santo Antônio de Pádua e campi avançados Cambuci e São João da Barra. Faz parte dessa rede, também, um Núcleo Central instalado no Centro de Referência em Tecnologia, Informação e Comunicação na Educação, cuja função é de assessoramento e apoio aos Centros de Memória, em especial na área de tecnologia da informação e tratamento arquivístico e de digitalização dos acervos.

 As parcerias realizadas no âmbito da cultura têm sido constantemente buscadas, por entender sua grande capacidade de potencializar as ações dos Centros de Memória. Dentre elas podemos citar a parceria com o IPHAN-RJ, constituindo o Programa de Gestão Integrada do Patrimônio.