CAMPUS BOM JESUS DO ITABAPOANA

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Bom Jesus do Itabapoana > Notícias > Equipe planeja ações de prospecção de projetos no setor alimentício

Notícias

Equipe planeja ações de prospecção de projetos no setor alimentício

Inovação

Representantes da Embrapii e do Polo de Inovação Campos dos Goytacazes identificaram potencial do Campus Bom Jesus para atuar no setor.
por Comunicação Social do Campus Bom Jesus do Itabapoana publicado 23/12/2016 13h00, última modificação 23/12/2016 13h26
Após a reunião, representantes também visitaram laboratórios do campus para avaliação.

Após a reunião, representantes também visitaram laboratórios do campus para avaliação.

Representantes da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) e do Polo de Inovação Campos dos Goytacazes visitaram o Campus Bom Jesus na última quarta-feira (21) para avaliarem as condições locais de desenvolvimento de projetos de inovação ligados ao setor alimentício. O objetivo é criar uma coordenação de prospectores, que serão responsáveis por visitar empresas de alimentos da região para prospectar projetos que possam ser desenvolvidos com o apoio do Instituto.

O Polo de Inovação é uma interface mais ágil entre os serviços tecnológicos e os projetos de inovação desenvolvidos no IFF e na comunidade industrial empresarial. A coordenação terá a incumbência de aproximar as empresas do Campus Bom Jesus e, consequentemente, do Polo de Inovação, que atualmente possui envolvimento em projetos com 37 empresas.

A intenção de atuar no ramo alimentício está diretamente relacionada ao curso superior em Ciência e Tecnologia de Alimentos (CTA), cujos Trabalhos de Conclusão de Curso têm grande potencial de inovação e, por isso, do surgimento de patentes. “A capacidade do CTA de produzir novos conhecimentos interessantes para a indústria é imensa e tem que ser organizado, tem que ser avançado. Nossa reunião foi para isso”, explicou o diretor de Internacionalização e Inovação do IFFluminense, Henrique da Hora.

Tais ações impulsionarão o desenvolvimento de pesquisas, estimulando também o envolvimento de servidores e alunos em projetos de inovação. O diretor de Pesquisa, Inovação e Extensão do campus, Daniel Coelho, destaca também a participação da AlQualis, Empresa Júnior (EJ) do CTA, na iniciativa. “Essa parte de inovação hoje tem enfoque muito forte no empreendedorismo, desenvolvimento de produtos, fundação de empresas, etc. Então é muito importante prospectarmos com empresas, ter a participação da EJ, o desenvolvimento de ações por parte deles”, avaliou.

Segundo Henrique, espera-se que a etapa de prospecção tenha, inicialmente, duração de seis meses. A partir de então, será iniciada a execução dos projetos prospectados.

Comunicação Social do Campus Bom Jesus do Itabapoana