CAMPUS BOM JESUS DO ITABAPOANA

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Bom Jesus do Itabapoana > Notícias > Novembro Negro 2018 acontece nesta quarta-feira, dia 07 de novembro

Notícias

Novembro Negro 2018 acontece nesta quarta-feira, dia 07 de novembro

Cultura

Inscrições serão realizadas nos dias 05 e 06 de novembro, presencialmente no Campus Bom Jesus do Itabapoana.
por Comunicação Social do Campus Bom Jesus do Itabapoana publicado 03/11/2018 15h00, última modificação 05/11/2018 09h22
Evento é gratuito e aberto à comunidade. Vagas são limitadas.

Evento é gratuito e aberto à comunidade. Vagas são limitadas.

Sob o tema “Resistências”, o Novembro Negro deste ano acontecerá na próxima quarta-feira, dia 07. A programação traz oficinas, mesas redondas, palestras e rodas de conversa com a proposta de ampliar as formas de entender e refletir sobre diferentes aspectos da nação brasileira a partir da cultura e do legado civilizatório dos diversos povos africanos e seus descendentes no Brasil. O evento é gratuito e aberto ao público. Os interessados devem se inscrever presencialmente nos dias 05 e 06 de novembro, no Hall do novo bloco de ensino, nos intervalos e horário de almoço.

O número de vagas nas atividades é limitado, sendo necessária inscrição prévia para garantir a participação. Arte, culinária, poesia, música, dança, esporte, humor, beleza e moda são alguns dos temas abordados sob o ponto de vista da cultura afro-brasileira, além de debates sobre assuntos como racismo, resistência, história, direitos humanos, entre outros. “O evento será muito eclético, para agradar a todos os gostos. Teremos atividades que estimulam a reflexão crítico-histórico-sociológica a respeito do tema, aliadas a outras, lúdico-culturais. Sem dúvidas, será um dia único e inesquecível”, antecipa a professora Karina Neves, que integra a comissão de organização do Novembro Negro.

Como no ano passado, o evento contará com a presença de professoras de Moçambique, que participam de capacitação no Instituto Federal Fluminense por meio de parceria firmada entre os governos brasileiro e moçambicano. Elas estarão presentes na mesa de abertura, mediada pelo coordenador do evento, professor Guilherme Lemos. Elas também contribuirão em duas atrações: o 11º encontro do Projeto Café com Letras e a roda de conversa “Conexão Moçambique”, conduzidas pelas professoras de literatura do Campus Bom Jesus Ângela Poz e Sarah Vervloet, respectivamente.

O protagonismo dos estudantes é um dos destaques do Novembro Negro. Neste ano, várias atividades serão desenvolvidas por alunos. Uma delas é a análise histórica sobre a obra cinematográfica Cidade de Deus, proposta pelo professor Rogério Ribeiro e conduzida por alunos do curso técnico integrado em Meio Ambiente, que trará a discussão de temas como o surgimento das primeiras favelas do Rio de Janeiro, o contexto histórico e social da formação do complexo que dá nome ao filme, classes sociais, oportunidades, tráfico de drogas e infantilização do crime no Brasil. “Como estudamos a Primeira República no começo do ano, decidimos propor uma análise deste período com ênfase na questão da situação social, política e econômica da população negra, recém liberta naquele tempo”, conta a aluna Izabella Azevedo. Segundo ela, houve a preocupação de escolher uma produção nacional para o evento.

Feiras - Produtores rurais vinculados ao projeto Cestas Solidárias, coordenado pelo professor Eduardo Moreira, vão oferecer produtos agroecológicos durante todo o evento. Os participantes poderão adquirir desde frutas, legumes e verduras a doces e bolos produzidos na região noroeste fluminense. Estendendo as atividades para a quinta-feira, dia 8 de novembro, a Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares do IFF (ITCP/IFF) também realizará uma Feira de Economia Solidária e Agricultura Familiar, que acontecerá na Praça da Bíblia de Bom Jesus do Itabapoana. Exposições, artesanato, produtos orgânicos e apresentações culturais estão previstas para a feira, que funcionará das 8h às 17h.

Início antecipado - Uma prévia do que os participantes podem esperar do evento acontecerá no Hall do Bloco de Ensino, terça-feira, dia 06, às 12h10. Os professores Karina Neves, Áquila Ditzz e Horácio Pires apresentarão um repertório de música negra. A iniciativa faz parte do projeto "Terças Musicais" e é aberta ao público.

O Novembro Negro é uma realização do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas em parceria com projetos de pesquisa e de extensão do Instituto Federal Fluminense Campus Bom Jesus do Itabapoana. O nome faz referência ao dia 20 de novembro, data que simboliza a resistência da população negra contra a escravidão e o combate a todas as formas de opressão racial e à exclusão social. Os Neabis dos campi São João da Barra e Quissamã, o Movimento Afro-brasileiro de Itaperuna (Moabi), o grupo Pérolas Negras, além de artistas plásticos, poetas, entre outros, são esperados para esta edição.

Confira a programação completa no site do eventohttp://novembronegro2018.bomjesus.iff.edu.br/.