CAMPUS BOM JESUS DO ITABAPOANA

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Bom Jesus do Itabapoana > Notícias > Programação da VI Mostra do Conhecimento ofereceu mais de 120 atividades aos inscritos

Notícias

Programação da VI Mostra do Conhecimento ofereceu mais de 120 atividades aos inscritos

Evento

Profissionais e estudantes de diversas instituições do país ofereceram capacitação em várias áreas do conhecimento. Competições e atrações culturais também abrilhantaram o evento.
por Comunicação Social do Campus Bom Jesus do Itabapoana publicado 26/09/2018 16h36, última modificação 26/09/2018 16h45
Show image carousel A aluna egressa Krystal Soares foi uma das palestrantes da VI Mostra do Conhecimento.

A aluna egressa Krystal Soares foi uma das palestrantes da VI Mostra do Conhecimento.

Não faltaram atividades para os cerca de 1.200 inscritos na VI Mostra do Conhecimento, realizada entre os dias 17 e 22 de setembro, no Instituto Federal Fluminense Campus Bom Jesus do Itabapoana. Foram 127 oficinas, palestras, minicursos e atrações culturais, distribuídas entre quatro dias de evento.

Uma das novidades oferecidas neste ano foram as oficinas exclusivas para servidores, como o “Treinamento Gestão de Pessoas: crescimento pessoal e da organização”, ministrado pela administradora Junielly Maia, da TEC Campos. Depoimentos do dia a dia e compartilhamento de características pessoais possibilitaram que os colegas se conhecessem um pouco mais, dando início à capacitação. “É de suma importância que os servidores tenham um tempo para se ouvirem, conhecerem as limitações, frustrações e anseios de cada um. É um momento de reflexão sobre suas ações e como vem agindo com colegas, suas relações no trabalho e, consequentemente, na vida pessoal”, explica Junielly. A comunicação, segundo ela, é um dos principais problemas das organizações, podendo gerar grandes transtornos nas relações de trabalho.

O servidor Vinicius Velasco participou de uma das turmas do treinamento e elogiou a capacitação oferecida. “Os palestrantes usaram meios práticos, como dinâmicas, para mostrar a forma adequada de se relacionar. Todos chegaram à conclusão de que não sabemos nos relacionar adequadamente e a verdade é que o servidor público, de forma geral, precisa se conscientizar sobre esses aspectos inerentes às relações de trabalho”, conta. Ele participou também do minicurso “Montagem e manutenção de computadores”, oferecido pelo professor do curso técnico em informática Anderson Lima. Segundo Vinicius, a atividade permitiu acesso a um conteúdo que geralmente é ministrado em mais tempo, sem perder a qualidade.

Entre os palestrantes estiveram muitos ex-alunos do IFF Bom Jesus. A mestranda em Ciência e Tecnologia de Alimentos Krystal Soares retornou à instituição para compartilhar seus conhecimentos sobre alimentos desidratados, sendo essa a primeira vez que ministrou um minicurso. “Como ex-aluna, percebo que o convite é um sinal de que confiam no que fazemos e em nosso potencial para passar as informações”, orgulha-se. Ela acompanha a Mostra do Conhecimento desde 2012, quando ainda era aluna do ensino médio, e desde então participou de todas as edições. “A diferença ao longo dos anos é nítida. O fato de abrirem o evento para a comunidade externa agrega muito valor às pessoas da cidade e região. Penso que todo conhecimento deve ser propagado com o máximo de alcance e a Mostra, trazendo cursos tão interessantes e palestras tão esclarecedoras, tem contribuído para isso”, analisa.

Brenda Botelho é aluna da Faculdade de Educação Tecnológica do Estado Rio de Janeiro (Faeterj) e participou pela primeira vez da Mostra do Conhecimento. Ela destaca a mesa redonda “A violência doméstica e o feminicídio após 12 anos da Lei Maria da Penha: A cultura da violência de gênero”. “Foi esclarecedor. O delegado de polícia Bruno Cleuder de Melo falou de maneira aprofundada sobre feminicídio e a discussão foi muito produtiva”, conta.

AvaliaçãoSegundo o diretor de Pesquisa, Extensão e Inovação do Campus Bom Jesus e coordenador do evento, Daniel Coelho, a Mostra do Conhecimento representa uma oportunidade para a comunidade visualizar o potencial da instituição, abrindo espaço para visita aos setores produtivos, laboratórios, salas de aula e salas temáticas, além da apresentação de projetos de pesquisa, extensão e inovação. “Esse ano tivemos a presença marcante dos produtores rurais que desenvolvem atividades com o IFF Bom Jesus e penso que esse é o caminho que devemos continuar trilhando, sempre abrindo as portas do campus para nossa comunidade, levando o conhecimento, capacitação, pesquisa aplicada e extensão desse conhecimento, a fim de que a realidade dessas pessoas seja diferente”, concluiu.

Veja as fotos do evento na página do Instituto Federal Fluminense Campus Bom Jesus no Facebook.