CAMPUS CAMPOS CENTRO

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Campos Centro > Notícias > Basquete e vôlei abrem sequência dos Jogos Intercampi dos Servidores do IFF

Notícias

Basquete e vôlei abrem sequência dos Jogos Intercampi dos Servidores do IFF

Esporte

A segunda rodada dos jogos iniciou no Campus Campos Centro com duas fortes disputas nas modalidades basquete e vôlei masculino.
por Antonio Barros/Comunicação Social do Campus Campos Centro publicado 17/10/2019 12h54, última modificação 21/10/2019 18h33
Exibir carrossel de imagens O basquete masculino abriu a sequência de jogos da fase classificatória (Foto: Raphaella Cordeiro).

O basquete masculino abriu a sequência de jogos da fase classificatória (Foto: Raphaella Cordeiro).

Se integração e lazer compõem os objetivos dos jogos, esses quesitos foram garantidos na noite dessa quarta-feira, 16 de outubro, nos confrontos realizados na quadra do Ginásio de Esportes Fernando Duncan. Nos times, docentes e administrativos das mais diferentes gerações e condições físicas. Nas arquibancadas, a forte torcida de alunos e servidores. A primeira disputa envolveu o basquete dos campi Centro e São João da Barra. 

Não basta ser diretor-geral do Campus São João da Barra. Como disse o próprio: "tem de vir para a quadra". Mas o professor Valdeir de Souza Júlio não foi o único integrante da gestão a se divertir com os colegas. Também juntou sua experiência no vôlei, o pró-reitor de Desenvolvimento Institucional, José Luiz Boynard defendendo a reitoria.

A noite esportiva e integradora começou com o basquete, em que o Campus Campos Centro venceu o Campus São João da Barra com placar de 30 a 26 pontos. A partida esteve tão equilibrada que no quarto tempo registrava um placar de 24 a 24, exigindo mais cinco minutos complementares para sua finalização. No vôlei, prevaleceu um equilíbrio de potencial de jogo e uma certa vantagem de condicionamento físico do Campus Guarus. O time venceu a partida. 

A servidora do Campus Centro, Priscila Chagas, foi com os filhos torcer pelo marido, o assistente administrativo do Campus Guarus Fabrício Barreto Gomes. Se a torcida valeu? "Com certeza! Dois a zero!", comemorou Priscila. Finda o jogo, a visão de quem esteve na quadra: "Foi um jogo equilibrado. Chegou um momento que até parecia que eles iam virar o jogo e aí depois seguraram", comenta Fabrício. 

Integração e emoção — Além de ter atuação destacada no basquete, o professor Valdeir ainda encontrou energia para compor o time de vôlei do campus Guarus. "Acho que o importante é isso: a integração do nosso instituto como um todo, a gente se entende, se conhece. Quem pratica esporte junto consegue, nesse momento, aumentar o valor da amizade, o comprometimento com a instituição e assim vai". 

Em Campos dos Goytacazes, o apelido Baú liga a pessoa ao esporte, em especial ao basquete. E ao defender o Campus Campos Centro, o professor de educação física João Paulo Pimentel une vigor (aos 59 anos, jogou sem parar) e emoção: "O esporte é prazeroso em qualquer idade. Eu vi o basquete crescer dentro da escola, com o professor Bolão. Meus irmãos passaram por aqui. Vim assistir primeiramente, como garoto, depois procurei um clube para aprender. O amor pelo esporte foi muito grande e continua até hoje. Então, representar a escola é pura emoção. O coração fica muito feliz por compartilhar o espaço com ex-alunos, com colegas, com amigos!".

registrado em: , ,