CAMPUS CAMPOS CENTRO

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Campos Centro > Notícias > Data Center do campus é transferido de local e vai incorporar novos serviços

Notícias

Data Center do campus é transferido de local e vai incorporar novos serviços

DTIC

Servidores e bolsistas da Diretoria de Tecnologia da Comunicação e Informação (DTIC) moveram do andar térreo para o superior do Bloco A, cabos, equipamentos e instalaram novas máquinas.
por Adaptado do Informativo do Campus - Edição de Fevereiro 2018 publicado 19/02/2018 12h22, última modificação 19/02/2018 12h22
Exibir carrossel de imagens As equipes do DTIC fizeram a transferência e adaptação do novo espaço em apenas cinco dias, em janeiro (Foto: Comunicação Social do Campus)

As equipes do DTIC fizeram a transferência e adaptação do novo espaço em apenas cinco dias, em janeiro (Foto: Comunicação Social do Campus)

Tudo foi planejado para alinhar o Data Center (DC) às normas em nível mundial. Investiu-se em segurança contra incêndio e acesso restrito. O diretor da DTIC, Marcelo Abreu, chama atenção para alguns aspectos tecnológicos dos investimentos: - Adquirimos racks de computação, onde ficam armazenados os equipamentos, adquirimos novos equipamentos, seguindo inteiramente a legislação que compete a Data Center. Passamos fibra ótica em todas as instalações, usando redundância em todos os serviços, separamos a parte elétrica da lógica, que não era feito. Separamos racks por serviço e adquirimos um equipamento chamado storage, que triplicou a capacidade de armazenamento do campus – detalha Marcelo.

Com a nova estrutura, amplia-se o armazenamento de dados. Foram adquiridos dois servidores com maior capacidade para favorecer as pastas de usuários - administrativos, professores, alunos e pesquisa. Atendendo aos resultados de estudos feitos anteriormente, está sendo estendida a chamada capilaridade da rede de internet do campus, ou seja, “vamos chegar a mais lugares da escola através das redes cabeada e sem fio. O novo servidor possibilitou conectar três tecnologias de rede sem fio. Vamos colocar três tipos de rádio na escola. Eles têm capacidade em três níveis de ampliação”, detalha mais uma vez Marcelo.

Há ainda outros dois benefícios: um sistema de telefonia que ‘conversa’ entre si (analógico e o do tipo IP), algo raro. Como está abrigado no Data, haverá atividade continua. Na internet, pretende-se agora uma “capacidade infinitamente menor de interrupções”. O diretor de DTIC espera que ela ocorra apenas em caso de falhas externas, como o provedor. O acesso do Instituto à internet provém do Rio de Janeiro. “Nossa intenção é não parar de forma alguma”, pontua. A meta é, ao longo do tempo, implementar novos serviços no Data Center.