CAMPUS CAMPOS CENTRO

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Campos Centro > Notícias > Formatura dos alunos dos cursos Português para Surdos e Faça Fácil Libras

Notícias

Formatura dos alunos dos cursos Português para Surdos e Faça Fácil Libras

Surdos

Momento foi marcado por homenagens, retrospectivas e novas perspectivas.
por Comunicação social do Campus Campos Centro publicado 20/12/2018 22h10, última modificação 30/01/2019 18h52
A cerimônia foi realizada na quarta-feira, 19 de dezembro.

A cerimônia foi realizada na quarta-feira, 19 de dezembro.

 Durante a cerimônia, foram feitas diversas homenagens aos intérpretes e aos alunos de Libras. Houve apresentação e interpretação de duas músicas, slideshow dos melhores momentos do ano nos cursos, celebração das conquistas feitas através dos projetos apresentados pelo NAPNEE, muita animação. Houve ainda depoimentos emocionantes, como o da Amanda Duarte, professora da rede municipal e formanda do curso Faça Fácil Libras. Ela contou sobre momentos difíceis que passou com alunos surdos, e motivou-se ainda mais a aprofundar nas Libras após um período em que, por questões de saúde, sofreu a perda da voz:

 "Embora eu ouvisse, não conseguia ser compreendida. Então eu imagino o quanto é ruim essa falta de comunicação, o quanto o surdo sofre com isso", diz, acrescentando que "todo aprendizado que eu tive aqui a gente levou para a escola municipal. A lei precisa crescer e ampliar seu horizonte nessa visão educacional, para não engessar o profissional e impedir, às vezes, o enriquecimento de línguas menores", analisa.

 Franciele de Carvalho Vicente é formanda no Português para Surdos. Ela conta como se sentiu realizada durante o curso e como esse aprendizado é gratificante para ela, enquanto futura professora. A jovem também é aluna do segundo período de Licenciatura em Letras. "Eu me sinto muito feliz. Como surda, é um prazer imenso, porque essa comunicação se faz através dessa troca entre as palavras. A gente se desenvolve e aprende mais com o curso de Português para Surdos. É isso que o curso faz em nossas vidas, podemos falar com propriedade", diz.

 Professor e intérprete,  Estêvam Farias conta que "foram 11 meses de curso, de troca de experiências e participação efetiva dos alunos surdos. A ideia não é formar professores nem intérpretes de Libras, mas principalmente o uso da língua para a comunicação". Para o servidor, o maior resultado de 2018 foi ver o desenvolvimento na escrita dos surdos. "Em 2019 teremos o Faça Fácil Libras Conversação!", anuncia Estêvam.

A cerimônia iniciou com falas do reitor do IFF Campus Jefferson Manhães, do diretor de pesquisa e extensão Jonivan Coutinho, que congratularam "o trabalho incansável, toda a dedicação e competência de todos os profissionais e alunos envolvidos nessa conquista", e da Coordenadora do Núcleo de Apoio às Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais (NAPNEE), Sirley Brandão dos Santos, que falou da importância desse ciclo para o NAPNEE e também para o Instituto. A mesa foi mediada pela intérprete Priscila Araujo.