CAMPUS CAMPOS CENTRO

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Campos Centro > Notícias > Pesquisadores divulgam em workshop trabalhos de neuroengenharia

Notícias

Pesquisadores divulgam em workshop trabalhos de neuroengenharia

7ª SENGE

O Instituto Santos Dumont é um dos centros de pesquisa do tema no país e dois de seus pesquisadores atraíram atenção de estudantes de engenharia do IFF para área.
por Comunicação Social do Campus Campos Centro publicado 09/08/2018 21h09, última modificação 09/08/2018 21h09

Os professores pesquisadores Renan Cipriano Moioli e Fabricio Lima Brasil ministraram o workshop "Cérebro, Músculo e Corpo no Desenvolvimento de interfaces homem-máquina", na manhã desta quinta-feira, 09 de agosto, em uma das atividades da programação da 7ª Semana de Engenharia do IFF, evento que vai ser encerrado nesta sexta-feira, 10 de agosto. A inclusão do assunto surgiu pelo interesse da estudante do 10º período do Curso de Engenharia de Controle e Automação (ECA), Anna Carollina Pessoa de Mello Bitão. A estudante conheceu o trabalho dos dois pesquisadores durante participação no Simpósio de Engenharia Biomédica, realizado em 2017. 

Para uma platéia de estudantes das engenharias oferecidas no Campus Campos Centro (ECA, Engenharia Elétrica e Engenharia de Computação) foram apresentadas abordagens, desafios e resultados de pesquisas realizadas no Santo Dumont e outros centros de pesquisa no Brasil e no exterior. Os pesquisadores convidados para o evento falaram sobre a oportunidade de aproximar jovens estudantes de engenharias da neuroengenharia.  

Renam Moioli disse que a ciência do cérebro vai estar nos ramos da ciência que mais vão trazer melhorias, qualidade de vida, interação entre indivíduos. A linha de pesquisa é relativamente nova - tem 20, 25 anos no máximo. "Falar para graduandos de engenharias, divulgar um pouco o nosso trabalho, falar para eles das novas frentes de atuação, como a educação deles aqui pode ajudar a transformar a realidade de tanta outras pessoas, a contribuir com a indústria, com o setor produtivo, pra gente isso é nossa missão de trabalho.  Falar para gente jovem assim super interessada - as perguntas não paravam de vir - pra gente é um prazer".  

Estímulo - Fabricio Brasil destacou o estímulo representado para os estudantes: "A gente vê aqui o pessoal apresentar propostas sobre o que eles (os estudantes) poderiam fazer, em que podem se inserir quando terminaram a graduação, vai muito além do que trabalhar em uma indústria. Tinha gente ontem perguntando sobre startup, se você tiver uma ideia simples pode ter um futuro brilhante. Aguçar essa curiosidade dos alunos, mostrar que eles podem atuar em diversas frentes é muito importante e gratificante pra gente".

O Santos Dumont é uma organização social que tem como missão recorrer à educação e à ciência como um agente de transformação social. Os dois pesquisadores integram um grupo multidisciplinar de pesquisa dedicado à área de neuroengenharia, envolvendo principalmente a interface cérebro máquina e neuromodulação. "O Brasil tem institutos de excelência nessa linha. Nós lá tentamos dar ênfase para algumas frentes de pesquisa, por exemplo, a Doença de Parkison, o transtorno de espectro autista, o Zica Vírus.  Tentamos apresentar soluções, mas também formar recursos humanos que possam atuar nas linhas de trabalho", detalha Renan.   

Veja AQUI o site da 7ª SENGE com a programação e outras informações