CAMPUS CAMPOS CENTRO

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Campos Centro > Notícias > Primeira entrega da Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar

Notícias

Primeira entrega da Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar

Merenda

Nutricionistas do campus avaliam as condições dos produtos e organizam uma reformulação do cardápio servido para os alunos.
por Comunicação Social do Campus Campos Centro publicado 11/03/2019 15h29, última modificação 11/03/2019 20h42
Exibir carrossel de imagens Layra Pré, da Superintendência de Agricultura e Pecuária do município, um dos pequenos produtores e a nutricionista do campus, Alessandra Asmar.

Layra Pré, da Superintendência de Agricultura e Pecuária do município, um dos pequenos produtores e a nutricionista do campus, Alessandra Asmar.

Com o intuito de ampliar a renda de famílias agricultoras locais e obter produtos de maior qualidade, o Instituto Federal Fluminense abriu chamadas públicas para fornecimento de gêneros alimentícios destinados à merenda de diversos campi. Atendendo ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), 28 agricultores familiares assinaram o contrato para o fornecimento de alimentos, que será realizado semanalmente.

Layra Pré, representante da Superintendência de Agricultura e Pecuária do município, recebeu os produtores locais que foram convocados na chamada pública e enfatizou os benefícios dessa relação proposta com a comunidade externa: “Para o IFF, a importância é que, muitos dos produtos que são comercializados aqui dos pequenos agricultores são sem agrotóxicos, são os produtos de melhor qualidade. E, para a comunidade externa, é importante a geração de renda para o produtor rural, que, muitas vezes, tem dificuldade de escoamento da produção. Oferecer para a merenda escolar é uma opção muito boa para eles e com preço bom”.

A nutricionista do campus Alessandra Asmar compartilhou as futuras mudanças na alimentação oferecida na instituição: “Vai melhorar, a gente está recebendo queijo minas, iogurte, abacate – que eu nunca servi – e, ao invés da gente usar sempre polpas para o suco, agora usaremos a fruta. Nós estamos recebendo maracujá, abacaxi, melancia. Nós vamos estar melhorando, os produtos são fantásticos”.

Ela também afirma que essa iniciativa ajuda a privilegiar “o agricultor local, pois é importante para o crescimento deles e a participação. Hoje, por exemplo, teve um que disse ‘ah, meu filho estudou aqui, mas na época não tinha merenda!’. Agora ele está participando da merenda do IFF. É bem bacana essa emoção para ele, de estar ajudando na merenda onde o filho um dia estudou. Então além da questão financeira dos produtores, tem esse lado afetivo”, enfatiza Alessandra Asmar. O prazo de vigência do contrato será de 12 meses, a partir da data da assinatura, ou até a entrega da quantidade total dos produtos adquiridos – o que ocorrer primeiro.