CAMPUS CAMPOS GUARUS

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Campos Guarus > Notícias > Campus inaugurou duas salas de estudos para projetos

Notícias

Campus inaugurou duas salas de estudos para projetos

Leitura e acessibilidade

A Biblioteca Júlia Codeço dos Santos inaugurou, na manhã do dia 24 de outubro de 2016, duas salas de estudo que possibilitarão o desenvolvimento de projetos que envolvem leitura e acessibilidade.
por Comunicação Social da Reitoria publicado 25/11/2016 16h30, última modificação 25/11/2016 16h30
Exibir carrossel de imagens Inauguração ocorreu das 8h às 12h, no Campus Campos Guarus.

Inauguração ocorreu das 8h às 12h, no Campus Campos Guarus.

            A biblioteca Julia Codeço dos Santos inaugurou, no dia 24 de novembro de 2016, às 9h, duas salas de estudo que servirão para o desenvolvimento de atividades de fomento a leitura no âmbito institucional. Essa inauguração representa o início da ação de três projetos: Biblioteca Acessível, Clube de Leitura Mil Vidas e Projeto ConViver.

 A Biblioteca Acessível é uma ação da Diretoria de Desenvolvimento de Políticas Estudantis, Culturais e Esportivas (Dipece), em parceria com o aluno Pedro Paulo Alves Ferreira e idealizada pela servidora Josiane Azevedo Barreto Marques. O projeto oferece um acervo composto de obras em braile, libras, aúdio, em letra ampliada e serviço de ledor tanto para alunos do IFF, de outras instituições de ensino ou da comunidade externa.

 "Permite, principalmente, acesso ao acervo bibliográfico, tanto didático como paradidático a pessoas que tenham necessidades específicas, como algum comprometimento motor que dificulte o manuseio de livros comuns ou com deficiência visual (cegueira ou baixa visão) e auditiva", comenta Raquel Belém, administradora da Biblioteca do Campus Campos Guarus, que acrescenta que a "biblioteca acessível também utiliza o espaço para transposição didática aos alunos com necessidades específicas, favorecendo o processo de ensino-aprendizagem e oportunizando contato com a leitura".

           já o Clube de Leitura Mil Vidas, criado pelos alunos Anderson da Silva Medeiros Cabral e Bruna Rafaela Carvalho da Silva, visa integrar a comunidade como um todo à aptidão à leitura, à escrita e à arte das palavras com a intenção de promover a literatura para os participantes por meio de leitura, reuniões, e jogos, entre outras formas. 

 Por fim, o Projeto ConViver, que abrange ambos projetos, tem como objetivo principal tornar a biblioteca ambiente de ações que desenvolvam atividades socioeducativas de fomento à leitura, contribuindo concomitantemente para o aperfeiçoamento da convivência entre os estudantes e proporcionando ao corpo discente ambiente e atividades para o desenvolvimento da criatividade e dinamismo, a partir de ações ligadas aos seus interesses.


Comunicação Social da Reitoria