CAMPUS ITAPERUNA

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Itaperuna > Notícias > Aluno do IFFluminense Itaperuna recebe medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia

Notícias

Aluno do IFFluminense Itaperuna recebe medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia

Premiação

Cerimônia realizada pelo Clube de Astronomia do Noroeste Fluminense teve ainda premiados na XI Mostra Brasileira de Foguetes e na II Competição de Foguetes Caronte
por Comunicação Social Campus Itaperuna publicado 21/12/2017 19h31, última modificação 21/12/2017 19h35
O aluno Rodrigo recebeu a medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia

O aluno Rodrigo recebeu a medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia

O Clube de Astronomia do Noroeste Fluminense (Caronte), projeto desenvolvido no IFFluminense Itaperuna, realizou na quarta-feira (20/12), a cerimônia de premiação dos estudantes do campus que foram medalhistas na XX Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA - 2017). Pela primeira vez, o campus teve uma medalha de ouro na competição: o aluno do 3º ano de Informática Rodrigo França de Oliveira, que já havia recebido duas medalhas de bronze em anos anteriores. 

"Eu não esperava a medalha de ouro. Fiquei muito feliz com esse resultado, até porque tenho vontade de seguir carreira profissional na área de Engenharia Aeroespacial", contou Rodrigo, que atua voluntariamente no Caronte e desenvolve em seu trabalho de conclusão de curso um circuito eletrônico para medir altura, tempo, velocidade e alcance da trajetória no lançamento de foguetes feitos com garrafa pet.

Outro estudante premiado foi Kemuel Sotero Pinheiro Pâni, que ficou com a medalha de bronze. Segundo o professor de Física e coordenador do Clube de Astronomia, Adriano Ferrarez, esse resultado é motivo de muito orgulho para o campus.

"Isso mostra o fruto de um projeto que realizamos aqui no IFF, que desperta o engajamento em nossos alunos. A Olimpíada Brasileira de Astronomia é um projeto extremamente importante para o desenvolvimento da ciência e tecnologia no país, pois tem o objetivo justamente de despertar novos talentos e a iniciação científica", ressaltou o professor Adriano Ferrarez.

Além da premiação da Olimpíada Brasileira de Astronomia, o evento também contou com a entrega de certificados para vencedores da XI Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG-2017) e da II Competição de Foguetes Caronte (CFC-2017).