CAMPUS MACAÉ

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Macaé > Notícias > Começa seminário sobre recursos hídricos no Campus Macaé

Notícias

Começa seminário sobre recursos hídricos no Campus Macaé

SRHIDRO

Evento do Mestrado em Engenharia Ambiental discute a gestão de águas.
por Valdênia Gomes Miranda Lins publicado 27/09/2016 14h29, última modificação 27/09/2016 14h40
Exibir carrossel de imagens Mesa de abertura com Vitor Miano, Marcos Cruz, Maria Inês Paes e Fernando Meirelles.

Mesa de abertura com Vitor Miano, Marcos Cruz, Maria Inês Paes e Fernando Meirelles.

 Teve início nesta terça-feira, 27 de setembro de 2016, o Seminário Regional sobre Gestão de Recursos Hídricos (SRHIDRO), promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental do Instituto Federal Fluminense (PPEA-IFF).

Na abertura do evento, o diretor geral do Campus Macaé do IFFluminense, Marcos Cruz, falou sobre a relevância de realizar o SRHIDRO. “Isso só reforça a importância do IFF como ator para fomentar a discussão das políticas públicas na região onde atuamos”, disse ele.

Em seguida, Fernando Setembrino Cruz Meirelles, Diretor de Recursos Hídricos do estado do Rio Grande do Sul; Consultor para elaboração do Plano de Recursos Hídricos da Região Hidrográfica VIII do Estado do Rio de Janeiro, falou sobre a importância dos Planos de Recursos Hídricos para a recuperação ambiental e a conservação de bacias hidrográficas.

De acordo com o palestrante, a legislação define a água como 'recurso', ou seja, ela é classificada de acordo com o uso que se pretende fazer dela. “A política nacional de recursos hídricos não visa a conservação ambiental. Isso não está claro na lei”, afirmou Meirelles.

Ele também falou sobre sua participação em diversos comitês de bacias pelo país e apontou o problema da falta de informação e discussão ampla dos representantes desses grupos. “Normalmente, o representante se representa. Não reúne seus pares para uma troca”.

Meirelles elogiou o Instituto Estadual do Ambiente (INEA) por conseguir integrar a gestão dos recursos hídricos com a preservação ambiental. “No meu estado são órgãos diferentes. Um órgão único favorece a gestão”, disse ele.

A programação do dia prossegue com exposição de posters e uma mesa redonda sobre “Recuperação e Conservação de Bacias Hidrográficas - desafios da gestão integrada das águas no enfrentamento de desastres ambientais" com a participação de Fernando Meirelles e de Ana Petry - Coord. Adjunta do Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais e Conservação da UFRJ; Rodrigo Lemes - Pesquisador do NUPEM/RJ; Marcos Cezar dos Santos - Gestor Adjunto do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba-ICMBio.