CAMPUS QUISSAMÃ

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Quissamã > Notícias > Dia da Alimentação Saudável movimenta Campus Quissamã

Notícias

Dia da Alimentação Saudável movimenta Campus Quissamã

Saúde

Evento teve como objetivo discutir a qualidade da alimentação entre servidores e alunos da unidade do IFF.
por Campus Quissamã com Comunicação Social da Reitoria publicado 18/10/2017 14h40, última modificação 18/10/2017 15h01
Exibir carrossel de imagens Feira de Alimentos foi uma das atividades promovidas.

Feira de Alimentos foi uma das atividades promovidas.

 O Dia Mundial da Alimentação Saudável foi marcado no IFFluminense Campus Quissamã, no dia 16 de outubro de 2017, com atividades envolvendo estudantes e servidores. Organizado pela nutricionista da unidade, Vanessa Proêza, o evento teve como objetivo promover uma ação de educação nutricional.

 A programação contou com as seguintes palestras: “O que é alimentação Saudável? Guia Alimentar para a população brasileira", com Vanessa; "Experiência da Prefeitura de Quissamã com o PNAE", com Daniel Chagas; e “Comida é patrimônio: modos de produzir, comer e viver", com Vanessa Schottz.

 Já no patio do campus foram realizadas atividades, tais como a exposição "Jardim Sensorial”, com apresentação de hortaliças a serem identificadas pelos cinco sentidos; Mostra de alimentos contendo quantidade de agrotóxicos superior à quantidade recomendada pela Anvisa; e Feira de alimentos produzidos por produtores locais.

 De acordo com Vanessa, a ação foi positiva. "As pessoas gostaram das palestras e participaram bastante, além de que é sempre válida a discussão sobre a alimentação saudável, pois ela deve estar no nosso dia a dia e isso tem que ser conversado, debatido, questionado, esclarecido por mim, que sou nutricionista do campus, porque eu acho que eu tenho esse papel”, afirma. “Foi muito positivo também porque a gente fez essa interação com a Prefeitura. Pensando no Curso Técnico em Alimentos, caso tenha, precisaremos ter mais essas ações pequenas, oficinas, cursos FIC, ligados à alimentação e aos agricultores", complementa Vanessa, em referência a uma possível parceria com a Prefeitura.