CAMPUS SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Santo Antônio de Pádua > Notícias > IFF Pádua forma sua primeira turma noturna do Proeja

Notícias

IFF Pádua forma sua primeira turma noturna do Proeja

Formatura

Cerimônia contou com a presença dos familiares, amigos e servidores da instituição.
por Comunicação Social do Campus Santo Antônio de Pádua com Reitoria publicado 21/02/2019 09h43, última modificação 21/02/2019 11h59
Exibir carrossel de imagens Formandos do curso técnico em Logística, modalidade PROEJA.

Formandos do curso técnico em Logística, modalidade PROEJA.

 O Instituto Federal Fluminense Campus Santo Antônio de Pádua realizou, no dia 13 de fevereiro de 2019, a formatura da primeira turma de Curso Técnico em Logística integrado ao Ensino Médio, na modalidade de Jovens e Adultos (Proeja). Iniciada em 2016, a turma inaugurou as atividades letivas na modalidade noturna.

 Compuseram a mesa da solenidade de formatura a diretora de Planejamento Institucional e paraninfa da turma, Camila Sales; o professor de Sociologia e amigo da turma, Elson Gomes; o diretor de Ensino e Políticas Estudantis, Bruno de Castro Jardim; a professora e coordenadora do Curso técnico em Logística, Geórgia de Almeida, e o ex-diretor-geral do IFF Pádua, Carlos Alberto Fernandes Henriques, que iniciou em sua gestão o Curso Técnico em Logística. À época, Arthur Rezende, atual diretor-geral do campus, era o diretor de Ensino.

 “Essa formatura é carregada de emoção para a comunidade do IFF Pádua." ressaltou Arthur Rezende. "A turma foi a pioneira na modalidade noturna nos idos de 2016. Em 2018, tivemos 8 turmas, bem diferente da realidade dos que agora se formam. Parabenizo a cada aluno pela dedicação, os professores e técnicos pela condução das ações pedagógicas, enfim, agradeço aos familiares por acreditarem em nossa instituição! Agradeço também ao ex-diretor-geral, Carlos Alberto Fernandes, pelo empenho que teve há época de sua gestão para inaugurarmos o turno noturno com um curso para trabalhadores, em especial, o Proeja. Enquanto escola para trabalhadores, formar essa turma em logística é um compromisso institucional”, afirmou.

 A aluna e também funcionária terceirizada do Campus Pádua, Rosa Maria dos Santos Silva da Gama, falou sobre a decisão de estudar na mesma escola que já trabalha há 3 anos: " Não tenho dúvidas em afirmar que valeu a pena. Além de ter a base, e a preparação forte do Ensino Médio, ainda saí com um curso técnico! O IFF nos proporciona esses cursos para que possamos sair preparados para o mercado de trabalho. É  uma escola diferencial. O IFF faz com que não desistamos de alcançar nossos objetivos”, finalizou