CAMPUS SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Santo Antônio de Pádua > Notícias > IFF Pádua recebe 1ª remessa de equipamentos do Espaço da Ciência, Tecnologia e Cultura

Notícias

IFF Pádua recebe 1ª remessa de equipamentos do Espaço da Ciência, Tecnologia e Cultura

Entrega

Estruturação dos laboratórios do Campus busca viabilizar o conhecimento científico dos estudantes.
por Comunicação Social da Reitoria publicado 25/05/2017 15h47, última modificação 29/05/2017 19h10
Exibir carrossel de imagens Diretor-geral Arthur Rezende e reitor do IFFluminense, Jefferson de Azevedo, inauguram o Espaco da Ciência, Tecnologia e Cultura.

Diretor-geral Arthur Rezende e reitor do IFFluminense, Jefferson de Azevedo, inauguram o Espaco da Ciência, Tecnologia e Cultura.

 O Campus Santo Antônio de Pádua recebeu a 1ª remessa dos equipamentos do Espaço da Ciência, Tecnologia e Cultura, no último dia 18 de maio de 2017. O investimento feito busca a aparelhagem dos laboratórios da instituição e, desta maneira, facilitar o acesso ao conhecimento científico pelos estudantes.

 Foram adquiridos equipamentos como controles lógicos de programação, agitadores magnéticos, balanças semianalíticas, microscópios biológicos, kits didáticos para experimentos em física, química, matemática e biologia, dentre outros materiais, em um valor total na ordem de R$550 mil.

 Segundo o diretor-geral do Campus Santo Antônio de Pádua, Arthur Rezende, a entrega representa um marco importante para a instituição. "Essa entrega nos enche de esperança e entusiasmo. Isso porque, com esses equipamentos, podemos sensibilizar toda a comunidade sobre a necessidade de efetivarmos a cultura científica já no ensino médio", disse.

 Em sua fala, o reitor do IFFluminense, Jefferson de Azevedo, ressaltou o compromisso social que os estudantes das escolas públicas têm com a sociedade. “A degustação do conhecimento se dá aqui nesse espaço, nesses laboratórios. Tudo isso tem um valor inestimável para a educação desses jovens. Todo mundo que estuda numa escola pública tem uma dívida pública e deve ajudar na construção desse país com o conhecimento adquirido”, frisou.

 “Em nome dos estudantes do campus, refirmo nosso compromisso pela preservação desse patrimônio que ajudará no nosso crescimento profissional”, disse o representante do Grêmio Estudantil, Pedro Barbosa.