Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Reitor eleito do IFFluminense participa de reunião com a presidenta Dilma Rousseff

Notícias

Reitor eleito do IFFluminense participa de reunião com a presidenta Dilma Rousseff

Consolidação da Rede Federal

Durante encontro com os reitores, a presidenta reiterou o compromisso com a consolidação dos Institutos, destacando o papel estratégico da educação, ciência e tecnologia no desenvolvimento do país.
por Comunicação Social da Reitoria publicado 15/03/2016 13h02, última modificação 15/03/2016 14h26
Exibir carrossel de imagens Reitores dos Institutos Federais se reúnem com a presidenta Dilma Roussef

Reitores dos Institutos Federais se reúnem com a presidenta Dilma Roussef

 Em reunião realizada na última sexta-feira, 11 de março, com os reitores que integram o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), a presidenta da República, Dilma Rousseff, reiterou apoio à consolidação da Rede.

 Ao lado do ministro da Educação, Alozio Mercadante, a presidenta destacou o importante papel social e estratégico das instituições no cenário da educação profissional e tecnológica, especialmente neste momento de crise internacional. “Vamos consolidar a Rede Federal, garantindo a mesma qualidade das unidades implantadas nos planos de expansão anteriores”, assegurou.

 O reitor eleito do IFFluminense, professor Jefferson Manhães de Azevedo, disse que o reconhecimento de que os Institutos Federais são estratégicos para a educação brasileira “é um elemento facilitador de todo o debate em torno do fortalecimento da estrutura da Rede, sua capilaridade e da importância da verticalização do ensino, trazendo os trabalhadores e seus filhos para uma educação de qualidade e oportunidade de ascensão que vai ajudar o país a vencer os seus desafios”.

  Jefferson Manhães afirmou que a presidenta Dilma Roussef garantiu aos reitores que fará de tudo para preservar o orçamento da educação, principalmente da Educação Profissional e Tecnológica, e que nos próximos 20 dias, os dirigentes do MEC, da Setec e do Conif discutirão questões específicas para o fortalecimento da rede, como a criação de novos códigos de vaga e investimentos para a conclusão de obras que estão em andamento.

 "Essa compreensão de que a Rede é estratégica nos dá uma certa tranquilidade, mas aumenta a responsabilidade com as nossas ações e gestão dos recursos públicos, exigindo que, de fato, nós possamos fazer ainda mais com o que temos. Vamos fortalecer aquilo que definimos como elementos prioritários dentro de nossa gestão. Vejo que temos muitos desafios a serem superados, mas que estamos no caminho correto”, afirmou o futuro reitor.

 Entre os próximos desafios para a Rede Federal estão a intensificação do trabalho com os cursos técnicos; a articulação com as redes municipais e estaduais de ensino, no sentido da qualificação dos quadros de professores e da oferta do Pronatec EJA; a oferta de matrículas pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec); a ampliação da Educação à Distância e a certificação de trabalhadores; a pactuação com o Governo Federal para o cumprimento das metas estabelecidas pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) para este ano.

 O presidente do Conif, Marcelo Bender Machado, disse que nas próximas semanas, junto com a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, espera fazer a entrega formal do plano de ações denominado ‘Pacto para o Futuro’. “A partir deste plano, esperamos consolidar a Pátria Educadora com uma meta arrojada. Até 2018, queremos alcançar um milhão e meio de matrículas e triplicá-las, até 2022, no sentido do atendimento ao Plano Nacional de Educação”, anunciou o presidente.

Comunicação Social da Reitoria com Conif