Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Uso de Animais no Ensino e na Pesquisa é tema de palestra no IFFluminense

Notícias

Uso de Animais no Ensino e na Pesquisa é tema de palestra no IFFluminense

Palestra

O evento, promovido pela CEUA-IFFluminense, contou com a participação de membros da Comissão e Profissionais da área da Educação.
por Comunicação Social da Reitoria publicado 13/03/2017 15h21, última modificação 15/03/2017 09h20
Exibir carrossel de imagens José Mauro Granjeiro fala sobre a utilização de animais nas atividades de ensino e pesquisa

José Mauro Granjeiro fala sobre a utilização de animais nas atividades de ensino e pesquisa

 A Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA) do IFFluminense promoveu na manhã desta segunda-feira, dia 13 de março de 2017, na Reitoria, a palestra “Uso de Animais no Ensino e na Pesquisa”, com José Mauro Granjeiro, professor da Universidade Federal Fluminense (UFF) e ex-coordenador do Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (CONCEA) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). 

 O evento contou com a participação de membros da CEUA, professores dos campi do Instituto Federal Fluminense e de outras Instituições de Ensino da região interessados em pesquisa com animais de experimentação, bem-estar animal e ética em pesquisa animal. 

 O Professor José Mauro apresentou a Lei N.° 11.794/2008, que estabelece procedimentos para o uso de animais no ensino e na pesquisa; o papel do CONCEA e das Comissões de Ética no Uso de Animais no Ensino e na Pesquisa; além de informações sobre as responsabilidades das Instituições de Ensino, dos docentes e dos pesquisadores quanto ao uso de animais em aulas e/ou pesquisa. 

 O  palestrante falou, também, sobre a Rede Nacional de Métodos Alternativos (RENAMA), criada em 2012, que permite a existência de uma infraestrutura laboratorial e de recursos humanos especializados para implantação e validação de métodos alternativos ao uso de animais no Brasil. 

 De acordo com José Mauro, o conceito, o status legal e a percepção ética e moral do uso de animais têm evoluído no mundo todo. “A Resolução Normativa do CONCEA N.º 17/2014 dispõe sobre o reconhecimento de métodos alternativos, já a Resolução N.º 18, do mesmo ano, estabelece 17 métodos alternativos validados, para os quais o uso de animais será proibido em 2019. A Resolução tem a finalidade de reduzir, substituir ou refinar a utilização de animais na pesquisa”, afirma o palestrante. 

A palestra do Granjeiro, que possui vasta experiência na área, foi muito importante para a Comissão e demais servidores do IFFluminense, pois nos trouxe maior conhecimento da legislação e dos cuidados que devemos ter com relação ao uso de animais em nossas atividades”, destaca o Coordenador da CEUA-IFFluminense, Will Pereira de Oliveira.