Você está aqui: Página Inicial > Reitoria > Notícias > Encontro internacional reúne reitores de 26 países

Notícias

Encontro internacional reúne reitores de 26 países

Educação para o Futuro

O reitor do IFF, Jefferson Manhães de Azevedo, participou de discussões sobre universidade, sociedade e futuro.
por Comunicação Social da Reitoria publicado 04/06/2018 15h50, última modificação 05/06/2018 09h22
Exibir carrossel de imagens Evento foi realizado na Espanha (Foto: Divulgação).

Evento foi realizado na Espanha (Foto: Divulgação).

 O IV Encontro Internacional de Reitores Universia foi realizado nos dias 21 e 22 de maio e reuniu cerca de 600 reitores e representantes acadêmicos de 26 países, na Universidade de Salamanca, na Espanha. O Encontro coincidiu com a celebração do 8.º Centenário da Universidade, uma das mais antigas da Europa.

 O reitor do IFF, Jefferson Manhães de Azevedo, foi um dos participantes brasileiros ao lado de outros 120 reitores e representantes acadêmicos das principais instituições de ensino do país que integraram a comitiva da Universia Brasil.

 Com o tema "Universidade, Sociedade e Futuro", o evento foi presidido por Ana Botín, presidente do Banco Santander e Universia, e os debates giraram em torno de questões sobre a educação nos seguintes eixos: Formar e aprender em um mundo digital; Pesquisar na Universidade: um paradigma a ser revisado?; Contribuição para o desenvolvimento social e territorial. A abertura do evento contou com a presença do rei da Espanha, Filipe VI, e do presidente de Portugal, Marcelo Rebelo.

 “O evento foi uma grande oportunidade para que pudéssemos pensar os desafios para a educação e para a formação de pessoas para um futuro com tantas possibilidades, mas que exige uma atuação mais qualificada dos gestores para liderar as suas instituições e pensar a formação dos jovens e dos trabalhadores para um mundo com muitos desafios”, diz Jefferson. “Foi uma possibilidade muito concreta de estarmos com centenas de reitores com linhas de estudos muito pertinentes para este momento e que é um pouco do que vamos discutir na Reditec 2018. Estas discussões internacionais que estamos participando convergem para uma única questão: como preparar as nossas instituições para serem um ambiente formativo dos talentos que precisaremos para construir o futuro”, ressalta.

 A palestra de encerramento foi proferida pelo professor e cientista Francisco Mojica, um forte candidato ao prêmio Nobel de Medicina por ter desenvolvido uma revolucionária técnica de Edição do DNA, denominado CRISPR. Em seguida, em um painel, ao lado de jovens estudantes de diferentes cursos de Doutorado da Universidade de Salamanca, o prof. Mojica pôde compartilhar os desafios ao longo de sua trajetória acadêmica, como professor e pesquisador universitário. O encerramento do evento contou com a presença do presidente do governo espanhol, Mariano Rajoy.

 As discussões tiveram como culminância a Carta de Salamanca, um documento com as principais conclusões e propostas para ajudar na construção da universidade do futuro. O Encontro deu continuidade às reuniões do Rio de Janeiro (Brasil, 2014), Guadalajara (México, 2010) e Sevilha (Espanha, 2005), e o próximo evento foi anunciado para Buenos Aires, em 2023.

 Portugal: O reitor do IFF ainda participou da assinatura de convênio com o Instituto Politécnico de Bragança (IPB), em Portugal, no dia 23 de maio; e no dia seguinte, 24, da inauguração da Associação Nacional dos Estudantes Brasileiros em Portugal, também em Bragança, com a presença do presidente do IPB e do presidente da Câmara de Bragança (equivalente ao prefeito da cidade) que foi quem cedeu o espaço para a associação.

 

Fonte: Universia