Você está aqui: Página Inicial > Reitoria > Notícias > IFFluminense sediará a Reditec 2018

Notícias

IFFluminense sediará a Reditec 2018

Reditec

Evento discutirá os caminhos e desafios para o mundo do trabalho no século XXI.
por Comunicação Social da Reitoria publicado 17/04/2018 15h54, última modificação 26/04/2018 15h49

 Gestores da Educação Profissional e Tecnológica (EPT) do Brasil e de diversos países estarão reunidos durante a 42.ª Reunião Anual dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica (Reditec), que será organizada e sediada pelo Instituto Federal Fluminense (IFF), de 10 a 14 de setembro de 2018, em Búzios-RJ.

 Promovida pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) e a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC), a Reditec é um espaço de formação, compartilhamento de experiências, consolidação de parcerias e reflexão sobre a educação profissional, voltado para reitores, pró-reitores, diretores sistêmicos e diretores-gerais de campi. O evento tem a expectativa de reunir cerca de 1.000 participantes.

 Tendo como tema principal “O Trabalho no Século XXI – Globalização, Inovação, Educação Profissional e Tecnológica: caminhos e desafios para inclusão”, a Reditec 2018 debaterá a atuação da Rede Federal em sintonia com as demandas presentes e futuras da sociedade, do mundo do trabalho e suas transformações.

 “O impacto das tecnologias, a globalização, o multiculturalismo, os contrastes sociais e a sustentabilidade exigem que as instituições se organizem para preparar um novo perfil de profissional, que vai lidar com a dinamicidade da sociedade, na produção tecnológica e no uso dos recursos naturais, de maneira muito desafiadora”, destaca o reitor do IFFluminense, Jefferson Manhães de Azevedo, acrescentando que a Rede Federal “precisa pensar nesse novo profissional e, principalmente, organizar o nosso projeto de educação para permitir que esse profissional possa ter sucesso e ajudar o mundo nos seus desafios”.

  A programação do evento contará com palestras seguidas de mesas de debate; sessões de experiências internacionais, com apresentação dos modelos de educação profissional e casos de sucesso de diversos países; Mostra de Experiências Exitosas, com apresentação dos projetos de sucesso da Rede Federal; além das reuniões dos diversos Fóruns e dos diretores-gerais das regiões do Brasil.

  Complementando a programação principal, a Reditec também terá entre suas atividades a Tenda Tecnológica, com apresentação de projetos de tecnologia e inovação de toda a Rede Federal; a reunião dos Centros Unevoc da América Latina; o Desafio Solar, uma competição de navegações movidas à energia solar; atividade comemorativa dos 10 anos da Rede Federal; e diversas apresentações culturais, que mostrarão um pouco da cultura das regiões do estado do Rio de Janeiro onde o IFF está presente.

  Para o reitor do IFF, a edição 2018 da Reditec tem a incumbência de construir um novo modelo de reunião de dirigentes. “Além da internacionalização do evento, a reunião terá característica de um congresso, em uma perspectiva onde possamos registrar nossas ações, incluir os trabalhos apresentados nos anais do evento e ter palestrantes que possam, de fato, contribuir com a reflexão da nossa prática”, ressalta Jefferson Manhães.