Você está aqui: Página Inicial > Reitoria > Notícias > Propostas para educação são apresentadas em encontro de dirigentes do ensino superior

Notícias

Propostas para educação são apresentadas em encontro de dirigentes do ensino superior

Fidesc

A ação faz parte do Pacto de Compromisso em Defesa de uma Educação em Direitos Humanos, celebrado entre Ministério Público e instituições de ensino de Campos dos Goytacazes em dezembro de 2017.
por Comunicação Social da Reitoria publicado 30/11/2018 10h49, última modificação 30/11/2018 16h48
Exibir carrossel de imagens Coordenadores de Licenciaturas se reúnem para debater propostas para avanços na educação em Campos (RJ).

Coordenadores de Licenciaturas se reúnem para debater propostas para avanços na educação em Campos (RJ).

 Representantes de instituições de ensino que integram o Fórum Interinstitucional de Dirigentes do Ensino Superior de Campos (Fidesc) se reuniram na manhã desta quinta-feira, 29 de novembro de 2018, no auditório da Faculdade de Direito de Campos dos Goytacazes (RJ). A pauta do encontro foi o debate de propostas para melhoria da educação no município.

 O Fidesc conta com 12 instituições de ensino superior de Campos, entre elas o Instituto Federal Fluminense, Universidade Federal Fluminense, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Universidade Candido Mendes, Centro Universitário Fluminense, Faculdade de Medicina de Campos, Universidade Salgado de Oliveira (Universo), Universidade Estácio de Sá e Institutos Superiores de Ensino Educacional Nossa Senhora Auxiliadora (Isecensa).

 De acordo com o subsecretário pedagógico de Campos dos Goytacazes e professor do curso de Pedagogia da Faculdade Estácio de Sá e do Instituto Superior de Educação Professor Aldo Muylaert (Isepam), Rafael Damasceno, a proposta é uma maior aproximação entre a rede municipal de ensino e as coordenações de estágio curricular, numa relação em que todos ganham: os licenciandos, as universidades e a rede municipal de ensino.

 “Este é um encontro histórico entre poder público e representantes da Licenciatura para análise extensa da realidade do município em relação à educação para convergência de ações, cujo foco principal é a formação do licenciando para que ele tenha visão e experiência mais próximas da realidade educacional local, de modo a complementar a formação pedagógica”, destacou Rafael.

 Com base nos gargalos apresentados pelos representantes das instituições na rotina educacional do município, várias ações foram sugeridas pelos participantes. Entre elas, foram propostos atos mais pontuais em relação às dificuldades dos alunos e à formação dos licenciandos. A coordenadora da Licenciatura em Letras do IFF Campus Campos Centro, Andressa Peres Teixeira, sugeriu a criação de um grupo de trabalho cooperativo e colaborativo para tratar das demandas da educação.

 “A ideia é um observatório interdisciplinar e interinstitucional para buscar, na prática, solucionar as dificuldades encontradas nas escolas e na educação em geral, tanto a respeito da infraestrutura das unidades de ensino quanto com relação à saúde dos professores, indisciplina dos alunos, além de outros temas. Seria um grupo envolvendo profissionais como assistentes sociais, pedagogos, psicólogos, arquitetos, entre outras áreas”, ressaltou Andressa.  A proposta contou com ampla adesão dos participantes do encontro.

 Como contrapartida para dar encaminhamento ao projeto, Rafael Damasceno propôs, para a próxima reunião, a apresentação de informações constantes do banco de dados do município. “Nós do departamento pedagógico nos comprometemos a apresentar, no próximo encontro, os dados quanto ao desempenho, ações pedagógicas e metodologias atualmente adotadas pelo sistema educacional de Campos dos Goytacazes para que, assim, tenhamos um panorama e um diagnóstico ainda mais nítidos da educação no município e possamos traçar com total clareza as metas e ações a serem adotadas”.

 Fidesc

 O Ministério Público Federal e as instituições que compõem o Fórum Interinstitucional de Dirigentes do Ensino Superior de Campos celebraram, no dia 13 dezembro de 2017, o Pacto de Compromisso em Defesa de uma Educação em Direitos Humanos. A coletiva para a assinatura do documento foi realizada na Casa de Cultura Villa Maria, no centro de Campos.

 O documento prevê várias ações que garantam a promoção da educação em Direitos Humanos, como a criação de comissões e grupos de trabalho, reestruturação dos órgãos de acolhimento de denúncias e apoio às vítimas de discriminação, produção de relatórios de ações, entre outras. As instituições signatárias realizarão relatórios de suas atividades voltadas ao cumprimento do Pacto, bem como suas ações, medidas e resultados alcançados serão divulgados em suas mídias internas e externas para conhecimento de toda a população.