Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Alunos de diversos campi são premiados na 11ª Obmep

Notícias

Alunos de diversos campi são premiados na 11ª Obmep

Matemática

Estudantes do IFFluminense compareceram ao colégio Pedro II, no dia 02 de setembro, para receberem as medalhas da edição de 2015 da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas.
por Comunicação Social da Reitoria publicado 05/09/2016 18h17, última modificação 05/09/2016 18h24
Exibir carrossel de imagens Gustavo Lopes (de terno, ao centro) com os estudantes premiados.

Gustavo Lopes (de terno, ao centro) com os estudantes premiados.

 Os estudantes receberam suas premiações em cerimônia realizada no Teatro Mário Lago, localizado no Campus São Cristóvão do Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro. Diversas autoridades da educação, tanto federais e estaduais como também do município do Rio, compareceram ao evento para honrar o mérito de 336 alunos e 36 professores provenientes de todas as regiões do estado. Dentre os alunos do IFFluminense, cinco receberam medalha de bronze e três, de prata. Um estudante ficou com o ouro, que será entregue em uma cerimônia especial no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, ainda sem data pra ocorrer.

 Para alcançar tantos resultados de destaque, é necessária uma intensa preparação. Júlio César Rosa, estudante do Curso de Eletromecânica Integrado do Campus Quissamã, é medalhista pela terceira vez. Ele explica sua rotina de estudos. “Já faz bastante tempo que estudo matemática no mínimo 2h por noite, até mesmo nas férias”, afirma.

 A aluna Maria Eduarda, do Curso Técnico em Química Integrado do Campus Bom Jesus também está no seu terceiro prêmio. Ela avalia positivamente a proposta da Olimpíada. “Esse já é o meu terceiro prêmio. A olimpíada me incentiva a estudar e é um motivo a mais para eu me esforçar. Pretendo continuar participando das edições seguintes”, diz.

 A Obmep, em parceria com o Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), conta um programa de iniciação científica específico para medalhistas e menções honrosas. Esse projeto tem polos em diversas cidades, onde ocorrem aulas duas vezes por semana. Três desses polos ficam em campi do IFFluminense, são eles: Campos Centro, Macaé e Santo Antônio de Pádua, com perspectiva de ampliação para os campi Bom Jesus e Quissamã. Alex Cabral, professor do Campus Campos Centro e coordenador da Olimpíada de Matemática em todo o Norte Fluminense, explica que os alunos recebem uma bolsa de R$100,00 e são estimulados a desenvolveram ainda mais o seu talento. “O Projeto é de suma importância, pois faz com que muitos desses estudantes se envolvam posteriormente com a área tecnológica e consigam, a partir daí, um emprego de qualidade”, destaca.

 Gustavo Lopes, diretor de Desenvolvimento de Políticas Estudantis, Culturais e Esportivas do IFFluminense, destaca o compromisso da Instituição com programas dessa natureza. “Pretendemos apoiar cada vez mais a participação dos alunos, pois eventos como a Obmep e outras competições que envolvem os conhecimentos escolares aguçam o entusiasmo dos estudantes e motivam as instituições de ensino”, finaliza.

 

Comunicação Social da Reitoria