Você está aqui: Página Inicial > Reitoria > Notícias > Campus Itaboraí está em fase de implantação

Notícias

Campus Itaboraí está em fase de implantação

Nova unidade do IFF

Maior parte da obra está concluída. Previsão é de iniciar as atividades no segundo semestre de 2021.
por Ana Paula Giori Fassarella / Comunicação Social da Reitoria publicado 17/12/2020 00h00, última modificação 26/03/2021 12h57
Exibir carrossel de imagens Parte interna do bloco de salas de aula (Foto: Divulgação/IFF)

Parte interna do bloco de salas de aula (Foto: Divulgação/IFF)

 O 12° campus do Instituto Federal Fluminense (IFF), localizado em Itaboraí, na região Metropolitana do estado do Rio de Janeiro, está com a maior parte da obra concluída e, paralelamente, em fase de implantação da unidade, com resolução das demandas necessárias ao seu funcionamento.

"São cerca de dois milhões de pessoas a serem beneficiadas [pelo Campus Itaboraí], quantitativo superior a toda população atualmente atendida pelo IFFluminense". 

Vicente de Oliveira

 De acordo com o pró-reitor de Administração do IFF, Guilherme Batista Gomes, a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC) disponibilizou, neste mês de dezembro, recurso extraorçamentário no valor de R$ 1,8 milhão para construção do Campus Itaboraí, que somados aos R$ 500 mil destinados da Lei Orçamentária Anual (LOA), recurso próprio do IFFluminense, totalizou o montante de R$ 2,3 milhões de investimentos no exercício 2020 para a obra da unidade. Esta descentralização de recursos faz parte do planejamento de construção do campus pactuado com a Setec/MEC desde o exercício 2019, sendo a obra contratada no valor de R$ 7,6 milhões, nesta etapa de retomada da construção.

 "Este valor de R$ 1,8 milhão disponibilizado pela Setec/MEC é fundamental para a continuidade da construção do Campus Itaboraí, que teve sua execução reiniciada em maio de 2020, por meio desta nova contratação, sendo que já foram executados aproximadamente 40% desta nova fase da obra. E a previsão é de que a construção de todo o campus seja concluída até o fim de 2021", destaca Guilherme.

"Por estar na região Metropolitana do Rio de Janeiro, este desafio torna-se maior devido às desigualdades sociais, pobreza e violência presentes naquele entorno, e à ausência de equipamentos de ensino público semelhantes ao IFFluminense na região”.

V
icente de Oliveira

 Conforme pontua o diretor-geral de Implantação do IFF Campus Itaboraí, Vicente de Paulo Santos de Oliveira, estão prontos o bloco de salas de aula e a biblioteca. Já o auditório está próximo da finalização. Os demais prédios precisam de acabamento. “A proposta da Diretoria de Implantação e da Comissão que conta com representantes dos Campi Maricá, Cabo Frio, Itaperuna, Campos Centro, Campos Guarus e da Reitoria é que, aproveitando as partes da obra já concluídas, as atividades na unidade tenham início em agosto de 2021”.

 Vicente explica que o processo de implantação da unidade foi iniciado com a constituição dessa Comissão "que tem como objetivo elaborar o Projeto Político Pedagógico (PPP) do campus, para estabelecer as diretrizes e concepções para implantação. Os trabalhos da equipe devem se estender até maio de 2021”. 

 Entre as principais referências discutidas pela Comissão e pela Diretoria de Implantação, estão: 

  • Observância dos princípios de sustentabilidade e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU);
  • Definição do tema central do campus: Energias (Energia Solar Fotovoltaica; Energia Eólica; Petróleo e Gás; Biogás; outras);
  • Priorização da oferta de cursos de forma articulada e integrada com a modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA/Proeja);
  • Implantação da verticalização do ensino, da pesquisa e da extensão do campus, a partir da integração dos currículos dos cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) ao nível superior.

 “O Instituto Federal Fluminense em Itaboraí atenderá não só o município que o sedia, com mais de 240 mil habitantes, mas pelo menos a outras oito cidades vizinhas, tais como Guapimirim, Cachoeiras de Macacu, Magé, Maricá, Silva Jardim, Rio Bonito, São Gonçalo e Tanguá. São cerca de dois milhões de pessoas a serem beneficiadas, quantitativo superior a toda população atualmente atendida pelo IFF. Por estar na região Metropolitana do Rio de Janeiro, este desafio torna-se maior devido às desigualdades sociais, pobreza e violência presentes naquele entorno, e à ausência de equipamentos de ensino público semelhantes ao IFFluminense na região”, avalia o diretor-geral de Implantação da unidade.

 Saiba mais sobre o IFF Campus Itaboraí 

 É o segundo campus do IFF na região Metropolitana do estado do Rio de Janeiro. Está localizado em uma área central com aproximadamente 35 mil metros quadrados, na rua Isaura Pantoja, S/N°. "O projeto arquitetônico executado é o que foi proposto, que conta com blocos administrativos e pedagógicos, aproximadamente 20 laboratórios, biblioteca, auditório, 12 salas de aula e ginásio esportivo. Os laboratórios estão sendo adaptados à vocação do campus para energia renováveis", explica o diretor de Infraestrutura do IFFluminense, Marcelo Peixoto.

 O Instituto Federal Fluminense faz parte da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, atuando na oferta de Cursos Técnicos de Nível Médio e Cursos de Graduação, todos gratuitos. A instituição conta, atualmente, com unidades em 12 municípios do estado do Rio de Janeiro, com uma malha espacial que alcança 12 campi, um Polo de Inovação, um Centro de Referência em Tecnologia, Informação e Comunicação na Educação, uma Unidade de Formação e a Reitoria. Esse desenho tem como base os municípios de Bom Jesus do Itabapoana, Itaperuna, Cambuci e Santo Antônio de Pádua na região Noroeste Fluminense; Cordeiro, na região Serrana; de Campos dos Goytacazes, São João da Barra, Quissamã e Macaé na região Norte Fluminense; na região das Baixadas Litorâneas, o de Cabo Frio; e os municípios de Itaboraí e Maricá na região Metropolitana. 

 Clique AQUI e tenha acesso às páginas de cada um de nossos campi.


√ Como você vê o IFF e como avalia as suas ações? A Pesquisa de Imagem Institucional está disponível AQUI para a comunidade externa. Responda e contribua com as melhorias!