Você está aqui: Página Inicial > Reitoria > Notícias > Reditec 2017 encerra em clima de otimismo e integração da Rede Federal

Notícias

Reditec 2017 encerra em clima de otimismo e integração da Rede Federal

Reditec

Encerramento do evento também foi marcado pela apresentação do IFFluminense como sede da Reditec em 2018, que será realizada em Búzios-RJ.
por Comunicação Social da Reitoria publicado 27/11/2017 12h04, última modificação 27/11/2017 12h04

 “Acesso, permanência e êxito”. Esse foi o tripé temático da 41ª Reunião de Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica (Reditec 2017), mas poderia também ser o da avaliação do evento encerrado na noite de quinta-feira, dia 23 de novembro, com a presença de mais de mil gestores de todo país, além de estudantes da Rede que, pela primeira vez, participaram mostrando o êxito de suas pesquisas e projetos, em eventos paralelos. O encerramento foi marcado por um clima fraterno e de muita esperança no futuro da Rede Federal como instrumento de transformação de vidas.

 “Muitas gerações de brasileiros tem as suas vidas dignificadas graças à atuação da Rede Federal. Somos um grande instrumento de cidadania”. Foram com essas palavras que o anfitrião da Reditec 2017, o reitor do IFPB, Nicácio Lopes, encerrou o evento. Um vídeo de despedida também foi apresentado.

 Inicialmente, Nicácio agradeceu a equipe organizadora chamando cada um pelo nome a frente do palco e enfatizando o esforço de todos. “O reitor é muito pequeno neste processo. Uma ação como essa tem que ter uma dedicação extrema. Houve de fato um empenho que me sensibilizou bastante”, disse, ressaltando ainda a competência e o brilhantismo da condução do trabalho executado pelo Conif.

 A Reditec deu um até breve, mas não o fim, já estão marcadas as edições de 2018 e 2019, que serão sediadas nos estados do Rio de Janeiro e Santa Catarina, respectivamente. “O que me tranqüiliza é que todos já falaram que vão assumir o compromisso com Búzios-RJ 2018”, declarou o reitor do IFF, Jefferson Manhães.

 Na oportunidade, Manhães revelou a escolha do tema da 42ª edição que é “O trabalho do século XXI: Globalização, Inovação, Educação Profissional e Tecnológica, Caminhos e Desafios”. Neste sentido, foi apresentado um vídeo mostrando que conhecimento e informação são os caminhos para enfrentar os desafios que irão impactar a todos de maneiras diversas.

 Maria Clara Schneider, reitora do IF de Santa Catarina, declarou que sai de João Pessoa fortalecida. “Esta cidade fantástica que nos recebeu de modo muito acolhedor fez com que a gente se fortalecesse e garantisse nossa unidade que é tão importante em uma rede que trabalha pela mudança de vida de milhares de jovens”.

 O presidente do Conif, Roberto Brandão, frisou a qualidade da estrutura física, logística, e o empenho de todos os que fizeram a Reditec acontecer, como os parceiros, patrocinadores e, especialmente, todos os trabalhadores do IFPB. “Os servidores e alunos do IFPB muitas vezes estavam cansados, mas não mediram esforços, com muito empenho e dedicação, para oferecer o melhor”.

 

Fonte: IFPB - http://reditec.vhost.ifpb.edu.br/

Texto: Ernani Baracho  jornalista do IFPB