Você está aqui: Página Inicial > Reitoria > Notícias > Reitores solicitam a inclusão dos profissionais das instituições de ensino superior no planejamento de imunização do município

Notícias

Reitores solicitam a inclusão dos profissionais das instituições de ensino superior no planejamento de imunização do município

Vacinação

O pedido foi formalizado em nome do Fórum Interinstitucional de Dirigentes do Ensino Superior de Campos (Fidesc) com a Prefeitura do município.
por Comunicação Social da Reitoria com Ascom da Prefeitura de Campos publicado 26/05/2021 17h09, última modificação 26/05/2021 17h13
Exibir carrossel de imagens Encontro aconteceu na sede da Prefeitura (Foto: César Ferreira).

Encontro aconteceu na sede da Prefeitura (Foto: César Ferreira).

 Representantes das universidades e faculdades de Campos dos Goytacazes-RJ se reuniram com o vice-prefeito Frederico Paes e o secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, na última terça-feira (25), na sede da Prefeitura, para formalizar, em nome do Fórum Interinstitucional de Dirigentes do Ensino Superior de Campos (Fidesc), o pedido para que os profissionais de educação das instituições de ensino superior de Campos sejam incluídos no planejamento de imunização dos educadores do município. No encontro, estiveram presentes o reitor do IFF e presidente do Fidesc, Jefferson Manhães de Azevedo, o reitor da Uenf, Raul Palácio e o reitor da UFF, Roberto Cezar Rosendo.

 Jefferson ressaltou que a educação deve ser vista como um todo e de forma estratégica para toda a sociedade, por isso a importância desses profissionais no planejamento de imunização, considerando que são trabalhadores que têm contato diário com dezenas de pessoas e assumem papel relevante na sociedade, sendo importante proteger sua própria saúde, dos estudantes e de toda a comunidade escolar. “O Campus Campos Centro e o Campus Campos Guarus já atuam como postos de vacinação no combate à Covid-19 em parceria com o município e manteremos os profissionais de saúde do IFFluminense à disposição para auxiliar no que for necessário”, pontuou o reitor. 

 Para a imunização desses profissionais no Instituto Federal Fluminense, atualmente, considerando o quantitativo de profissionais dos campi localizados no município de Campos dos Goytacazes com idade abaixo de 58 anos, são necessárias cerca de 2.000 doses de vacina (considerando primeira e segunda doses). 

 Frederico Paes falou que o município optou desde o início por “discutir amplamente seu Plano de Retomada das Aulas, em modo híbrido, com representantes da sociedade civil, escolas e o Ministério Público, de forma transparente e responsável”. Hoje, citou o vice-prefeito, o município aguarda recurso sobre decisão da Justiça de Campos concedida no dia 21, que suspendeu a vacinação dos profissionais de Educação. 

 Sendo superado este momento, Frederico apontou que a solicitação da inclusão do ensino universitário no Plano é viável e está prevista. “Sempre defendemos o nosso parque universitário, não só pelo aspecto quantitativo de nossas faculdades, universidades e alunos, mas pela qualidade do ensino, que pode muito contribuir com o desenvolvimento da cidade”. 

 O secretário de Educação, Marcelo Feres, considerou oportuna a manifestação do Fidesc, e que a vacinação do ensino superior não representaria complexidade porque o planejamento existente se deu com reservas de doses e determinação de escalas de imunização por ciclos e faixas.