Você está aqui: Página Inicial > Conheça o IFFluminense > Apresentação / Presentation

Apresentação / Presentation

por Ascom Reitoria publicado 03/06/2015 11h07, última modificação 05/10/2016 17h08
Saiba mais sobre a atuação do IFFluminense/ Find about the IFFluminense.

Mapa do território de atuação do IFFluminense

IFFluminense e seu território / IFFluminense and its territory 

 

 No movimento de territorialização, o Instituto Federal Fluminense (IFFluminense) encontra-se em 11 municípios, com uma malha espacial que alcança 12 campi, um Polo de Inovação, um Centro de Referência em Tecnologia, Informação e Comunicação na Educação e a Reitoria, reunindo 14.238 estudantes, 938 professores e 742 técnico-administrativos (Dados atualizados em 2016).

 Este desenho tem como base os municípios de Bom Jesus do Itabapoana, Itaperuna, Cambuci e Santo Antônio de Pádua na região Noroeste Fluminense; de Campos dos Goytacazes, São João da Barra, Quissamã e Macaé na região Norte Fluminense; na região das Baixadas Litorâneas, o de Cabo Frio; e os municípios de Itaboraí e Maricá na região Metropolitana.

 A representatividade territorial do IFFluminense ainda conta com os polos de Educação a Distância nos municípios de Casimiro de Abreu, Bom Jardim, Porciúncula e Miracema; que se somam aos municípios onde há campus, constituindo, assim, uma verdadeira rede.

 No movimento de ocupação deste território, o Instituto atua com uma verticalizada oferta de formação, com a formação inicial e continuada; os Cursos Técnicos, em sua maioria na forma integrada com o Ensino Médio; as Licenciaturas; os Cursos Superiores de Tecnologia e os Bacharelados, estendendo-se a oferta de formação até à Pós-graduação lato e stricto sensu.

 A interiorização do IFFluminense merece registro importante na medida em que multiplicou oportunidades de acesso à educação de milhares de jovens e adultos, ampliando o direito ao conhecimento e ao trabalho, por meio da educação inicial e continuada de trabalhadores e da formação técnica de nível médio ou em nível superior, forçando mudanças estruturais na pirâmide social.

 Dentro deste cenário, o movimento de expansão e a interiorização do IFFluminense o coloca sempre diante da necessidade de um olhar revigorado por esses 'novos espaços', reafirmado por um postura de coragem da Instituição de se antecipar no movimento social, não por ser blindada aos erros, mas pela certeza do raio de alcance das políticas educacionais.

 O endereço do IFFluminense é o estado do Rio de Janeiro, que vem retomando sua dinâmica socioeconômica, caracterizada por uma desconcentração espacial, da capital em direção ao interior do estado. Essa malha espacial dos grandes investimentos do estado coincide, em parte, com a atuação territorial do IFFluminense. É fundamental pensar esse território tão heterogêneo, antecipar-se ao perceber as potencialidades e criar rotas de inclusão para jovens e adultos que buscam uma formação profissional e tecnológica e elevação de sua escolaridade.

 

 ________________________________________________________________________________________________________________________

 In the movement of territorialization, the Fluminense Federal Institute - IFFluminense - is present in eleven (11) municipalities, with a spatial mesh that reaches twelve (12) campuses, one (01) Innovation Hub, one (01) Educational Reference Center for Technology, Information and Communication and the Rectory.

 The Institute covers the municipalities of Bom Jesus do Itabapoana, Itaperuna, Cambuci and Santo Antônio de Padua in the Northwestern Fluminense region; Campos dos Goytacazes, São João da Barra, Quissamã and Macaé in the Northern Fluminense region; the region of the Coastal Plains, Cabo Frio, and the municipalities of Itaboraí and Maricá in the metropolitan area. The territorial representation of the IFFluminense also has the Distance Education Centers in the municipalities of Casimiro de Abreu, Bom Jardim, Porciúncula and Miracema; these Centers are added to the municipalities where there is a campus; thus constituting a true network.

 In this territory occupation movement, we work with a vertical supply of Education with the Initial and Continuing Education; Vocational Programs, mostly integrated with High School; Degrees; Higher Education Technology and Bachelor Degrees, extending the provision of educational training to the Undergraduate and  Graduate Programs.

 The internalization of the IFFluminense deserves important record as it multiplied the opportunities of access to Education for thousands of young people and adults, extending their right to knowledge and work, either through Initial and Continuing Education of workers, Vocational Training or Higher Education, forcing structural changes in the social pyramid.

 Within this scenario, the movement of expansion and internalization of the IFFluminense put us ever before the need for a refreshed look for these 'new spaces', reaffirmed by a brave stance of our institution to anticipate the social movement, not because we are shielded against errors, but because we are certain of the wide range of educational policies.

 Our address is the state of Rio de Janeiro, which has resumed its socio-economic dynamics, characterized by a spatial deconcentration: from the capital to the interior of the state. This spatial mesh of large state investments matches partly with the territorial performance of the IFFluminense. It is crucial to consider such a heterogeneous territory, to anticipate the observation of its potential and to create routes for the inclusion of youth and adults who seek for professional and vocational training as well as schooling elevation.