Você está aqui: Página Inicial > Notícias > MEC lança campanha Zika Zero

Notícias

MEC lança campanha Zika Zero

Mobilização

A campanha lançada pelo Ministério da Educação visa à mobilização nacional de estudantes e servidores da educação para ações de combate ao mosquito Aedes aegypti e às doenças que ele provoca.
por Ascom Reitoria publicado 03/02/2016 17h54, última modificação 03/02/2016 18h03
Ministro Aloizio Mercadante fala sobre a campanha de mobilização contra o zika vírus (Foto: João Neto/MEC)

Ministro Aloizio Mercadante fala sobre a campanha de mobilização contra o zika vírus (Foto: João Neto/MEC)

Durante reunião realizada nesta terça-feira, dia 02 de fevereiro, em Brasília, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, convocou os representantes de entidades ligadas à educação básica, profissional e superior a participar da campanha Zika Zero.

A estratégia é usar a abrangência das redes federal, distrital, estaduais e municipais de educação para levar informações sobre as formas de extermínio do mosquito e identificação da doença. A única força social verdadeiramente capaz de mobilizar o Brasil e enfrentar essa questão somos nós, da educação”, afirmou Mercadante.

A reunião contou com a participação de reitores dos Institutos Federais e vários pró-reitores de Extensão da Rede Federal. O IFFluminense foi representado pela Pró-reitora de Extensão e Cultura, Paula Bastos.

O ministro convocou a área da educação a estar ativamente mobilizada, com seus servidores, alunos, funcionários terceirizados, familiares de alunos e servidores em geral, e, através da extensão, atuar na comunidade. Na parte da tarde, os pró-reitores se reuniram para compartilhar experiências e planejar o envolvimento nessa ação de mobilização. Várias atividades estão sendo propostas”, afirma Paula.

A campanha ZiKa Zero estabelece a mobilização contínua das escolas e campi dos Institutos e Universidades Federais. Os dias 19 e 26 de fevereiro e 04 de março já estão definidos como datas de intervenção direta no território, com ações de combate aos focos do mosquito. O Pacto da Educação Brasileira contra o Zika será assinado nesta quinta-feira, dia 04 de fevereiro.

Projetos do IFF – O IFFluminense possui dois projetos de extensão que visam ao conhecimento, ao combate e à prevenção contra o mosquito Aedes aegypti. Coordenado pela professora do campus Campos Centro, Desiely Taouil, o projeto “Aedes aegypti: conhecer para combater”, atua, desde 2008, junto às escolas de nível Fundamental e Médio do município de Campos dos Goytacazes, orientando e informando aos alunos sobre o ciclo de vida do mosquito Aedes aegypti.

O projeto de extensão do Campus Campos Guarus, desenvolvido pelo professor Milton Erthal, incentiva o uso de repelente natural preparado com a planta capim-citronela, como alternativa para minimizar os casos de dengue no município. A eficácia e os efeitos colaterais do repelente serão avaliados com membros da comunidade local que já se encontram inseridos em atividades do Instituto.

*Com informações da Ascom do MEC