CAMPUS CAMPOS CENTRO

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Campos Centro > Notícias > Turmas do nível seis do Curso de Língua Inglesa participam de exame do TOEFL

Notícias

Turmas do nível seis do Curso de Língua Inglesa participam de exame do TOEFL

INGLÊS

O teste foi aplicado a 12 estudantes do Centro de Línguas do IFF (CELIFF), no Campus Campos Centro
por Comunicação Social do Campus Campos Centro publicado 22/03/2019 15h25, última modificação 22/03/2019 17h30
Exibir carrossel de imagens A professora Ana Paula Castro distribui o teste.

A professora Ana Paula Castro distribui o teste.

De acordo com a professora Edméa Dias, coordenadora do Idiomas Sem Fronteiras (ISF) no Instituto, a avaliação é positiva, tendo os participantes concluído a prova no tempo esperado. Foram 35 minutos para a realização do listening, com 35 questões; 25 minutos dedicados às estruturas linguísticas, com 45 questões e a parte de texto, leitura e compreensão, com tempo de 55 minutos e 50 questões. Visto por alguém de fora, um teste exigente para os participantes.

– A proficiência do candidato é avaliada não só pelo conhecimento dele, mas também pelo tempo e agilidade necessários para fazer as atividades. Se você pegar a prova para avaliar o todo e tiver muito tempo para trabalhar em cima daquele texto, pode eventualmente conseguir fazer todas aquelas questões. A proficiência é avaliada com base no tempo que você tem. Quanto mais proficiente você é, com mais agilidade vai ler e compreender aquele texto para poder fazer as questões com um tempo confortável – explica Edméa.

 Estudante do campus, Ester Peixoto Nunes já tinha feito o Teste de Inglês como Língua Estrangeira (TOEFL) para conhecer, quando estava no nível 3 do curso do Inglês. Nessa quinta, tentou para valer e deixou suas impressões que valem como dicas:

- O Listening é muito rápido. O vocabulário, achei muito avançado. No listening, o tempo é cronometrado pelo CD. Ele começa e não para. Dá dois segundos, três no máximo para marcar. A sessão dois e três é de texto e aí você tem que ter um padrão de tempo. Se gastar mais tempo em uma, tem de compensar na outra” – comenta Ester.   

O TOEFL - O Instituto Federal Fluminense é credenciado pelo Ministério da Educação em seu programa Idiomas Sem Fronteiras (ISF) e, com isso, pode oferecer a seus estudantes de línguas estrangeiras os exames de proficiência, como o TOEFL (para estudantes do ensino superior) e o Teste de Inglês para Comunicação Internacional (TOEIC)  (para alunos do ensino médio técnico). Os servidores administrativos e docentes são também beneficiários desses exames nas duas modalidades.

– Estamos aguardando um novo edital porque essa demanda que veio foi com uma quantidade pequena de testes. Aguardamos novas oportunidades de teste para 2019. Estes (como o dessa quinta-feira) fazem parte do edital aprovado no governo anterior, em 2018. Estamos atendendo a demandas específicas. A ampla oferta aberta a toda comunidade só vai poder ser feita quando recebermos uma nova leva de testes”.

O credenciamento do IFF junto ao MEC para integrar o programa Idiomas Sem Fronteiras tem validade de quatro anos, podendo ser renovado por mais quatro. “A gente entende isso como uma ação institucional que agrega muito valor para o nosso Instituto. O programa faz parte de uma meta ainda maior do Idiomas Sem Fronteiras, que é a internacionalização de universidades e institutos federais”, explica a professora Edméa.

MY ENGLISH - O ISF surgiu como uma ramificação do programa Ciências Sem Fronteiras, que acabou extinto. Antes de ser suspenso, o Sem Fronteiras possibilitou a diversos estudantes do Campus Campos Centro passar alguns meses estudando no exterior, aperfeiçoando seu aprendizado de uma língua estrangeira.   

Além dos testes de proficiência, o Instituto oferece acesso ao estudo da língua inglesa pela plataforma My English On-Line, parceria da Capes com uma instituição estrangeira. Com o credenciamento feito em agosto de 2018, ampliou-se o perfil em relação a anos anteriores. A plataforma passou a ser acessível, além de estudantes do ensino superior, a estudantes do ensino médio técnico e também a servidores.