CAMPUS CAMPOS CENTRO

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Campos Centro > Notícias > Napnee compartilha práticas inclusivas com equipe do IF Sudeste de Minas

Notícias

Napnee compartilha práticas inclusivas com equipe do IF Sudeste de Minas

Necessidades Especiais

Com longa trajetória em atividades de assistência a estudantes com necessidades especiais, o setor deve ajudar em áreas como a geometria analítica.
por Comunicação Social do Campus Campos Centro publicado 09/08/2018 20h41, última modificação 09/08/2018 21h50
Karina Machado, Sirley Brandão, Diego Augusto, Gabriela Leite e o diretor de Assuntos Estudantis do Campos Centro, Carlos Augusto Boynard (Foto: Rakenne Braga)

Karina Machado, Sirley Brandão, Diego Augusto, Gabriela Leite e o diretor de Assuntos Estudantis do Campos Centro, Carlos Augusto Boynard (Foto: Rakenne Braga)

Dois servidores e dois bolsistas do Núcleo de Ações Inclusivas (NAI) do Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais - Campus Juiz de Fora (IF Sudeste MG) foram recebidos pela equipe do Núcleo de Apoio aos Portadores de Necessidades Educacionais Especiais (NAPNEE) do Campus Campos Centro. Nos últimos três anos, o NAI passou a contar com uma equipe multiprofissional estendendo suas possibilidades de atendimentos a estudantes. 

Conhecedores do trabalho desenvolvido no Campos Centro, os profissionais do Instituto mineiro têm interesse em conhecer práticas relativas a adaptações curriculares. Atualmente, dois estudantes com limitações visuais do IF Sudeste MG precisam de adaptação para estudar disciplinas de Engenharia de Mecatrônica e Bacharelado em Sistemas de Informação.

Outra área ainda em início de atividades é a de geometria analítica. No Napnee, a equipe pode conhecer peças feitas com materiais como isopor e linha de crochê que oferecem aos deficientes visuais uma percepção das formas e consequente assimilação das expressões matemáticas geradas em diferentes figuras. 

De acordo com a coordenadora do NAI, Ilza Netto, na forma de atendimento ainda há dúvidas. O setor atende atualmente a cerca de 14 alunos e há necessidade de dupla comunicação com a família e os docentes. Além de Ilza foram recebidos pela coordenadora do Napnee, Sirley Brandão, a servidora Gabriela Santos Leite e os bolsistas Karina Machado e Diego Augusto, ambos estudantes do Curso de Bacharelado de Engenharia Mecatrônica.