CAMPUS ITAPERUNA

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Itaperuna > Notícias > Pesquisa desenvolvida no IFF Itaperuna é premiada com 1º lugar na Jornada Científica Jovens Talentos

Notícias

Pesquisa desenvolvida no IFF Itaperuna é premiada com 1º lugar na Jornada Científica Jovens Talentos

Biofertilizantes

Alunos do Curso Técnico Integrado ao Ensino Médio em Química analisam o uso de resíduos gerados por biodigestores para fertilizar o solo de maneira sustentável.
por Comunicação Social do Campus Itaperuna publicado 03/12/2019 17h37, última modificação 03/12/2019 17h37
A professora Juliana Simões, com os alunos Emanuele, Samir e Dara

A professora Juliana Simões, com os alunos Emanuele, Samir e Dara

Dois alunos do 3º ano do Curso Técnico Integrado ao Ensino Médio em Química do Instituto Federal Flumiense (IFF) Campus Itaperuna receberam o prêmio de melhor trabalho apresentado, na área de Ciências Biológicas, na XIX Jornada Científica Jovens Talentos 20 anos, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj). O resultado foi divulgado nesta segunda-feira, dia 2 de dezembro.

Emanuele Gomes Damaceno e Samir Poubel Augusta dos Santos, ambos de 17 anos, são orientados pela professora de Química e coordenadora da Licenciatura no Campus Itaperuna, Juliana Simões, nos projetos de iniciação científica “Análise físico-química do solo da região do Noroeste Fluminense“ e “Análise físico-química de biofertilizantes provenientes de biodigestores", desde 2017, em parceria com o Núcleo de Estudos em Agroecologia (NEA), coordenado pelo professor Adriano Ferrarez.

De acordo com a professora Juliana Simões, os projetos têm o objetivo de analisar possibilidades de reaproveitamento, na agricultura, de resíduos provenientes de biodigestores utilizados para a produção de biogás.

"A pesquisa está sendo feita com os bolsistas há um ano e meio, com o intuito principal de dar fim a resíduos, que não podem ser descartados na natureza, devido a sua composição tóxica. O projeto do biodigestor é feito no campus com a ideia de levar, especialmente, a pequenas propriedades rurais, a possibilidade de produzir energia, em forma de biogás, a partir da biodigestão de dejetos orgânicos. Mas, apesar de altamente sustentável, o projeto ainda esbarra nessa questão dos resíduos gerados. Fizemos a análise de uso desse material como biofertilizante aqui do campus, e os resultados foram muito bons, melhorando as características do solo onde foram aplicados", explica a professora.

Emanuele e Samir contam ter ficado surpresos com a premiação na Jornada Novos Talentos e que pretendem seguir na área de pesquisa científica após a conclusão do Curso Técnico e ingresso na universidade, em 2020. A pesquisa dos dois também foi transformada em Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), recebendo o reforço na equipe dos alunos Dara de Paula Alves e Carlos Eduardo Martins Carvalho.

"Quando entrei no IFF não tinha essa ideia de trabalhar com pesquisa, mas o curso e o projeto abriram muito a minha visão. Hoje, percebo quanto nossa experiência acadêmica aqui no Instituto é diferenciada, em relação a outras escolas, por nos permitir também uma formação como pesquisadores", conta Emanuele, que ainda está em dúvida sobre seguir carreira na área de Engenharia Química ou Medicina.

Samir, que também está prestando vestibular este ano, também planeja seguir como pesquisador e tem planos de ingressar no Curso de Medicina.

"A gente não imaginava que fosse ficar em primeiro lugar, até porque havia muitos trabalhos sendo apresentados no evento. Ficamos muito felizes com essa premiação, pois todos os professores que passaram para fazer avaliação elogiaram bastante a nossa pesquisa. Chegaram a perguntar se eramos alunos da Licenciatura", conta o estudante.

A XIX Jornada Científica Jovens Talentos 20 anos, da Faperj, aconteceu no dia 27 de novembro, no IFF Macaé.