CAMPUS CAMPOS CENTRO

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Campos Centro > Notícias > Estudantes do IFF Campus Centro expõem projetos em evento na Academia Campista de Letras

Notícias

Estudantes do IFF Campus Centro expõem projetos em evento na Academia Campista de Letras

Ações de Extensão

Graduandos e docentes de Arquitetura e Urbanismo participam das atividades deste ano do Instituto Histórico e Geográfico
por Paula Vigneron/Comunicação Social do Campus Campos Centro publicado 24/03/2022 10h03, última modificação 07/04/2022 20h07
Exibir carrossel de imagens Genilson Paes, do Instituto Histórico, Catharina e estudantes na entrega da maquete do Solar do Colégio (Divulgação)

Genilson Paes, do Instituto Histórico, Catharina e estudantes na entrega da maquete do Solar do Colégio (Divulgação)

Estudantes e professores do Bacharelado de Arquitetura e Urbanismo do campus Campos Centro participaram, no dia 31 de março, da abertura das atividades de 2022 do Instituto Histórico e Geográfico de Campos dos Goytacazes (IHGCG). No evento, realizado na sede da Academia Campista de Letras  foram apresentados projetos ligados ao patrimônio histórico e cultural, desenvolvidos por alunos da graduação. 

Um dos projetos expostos na noite do evento, foi o "Campos 3D: Resgate da memória", fruto de uma parceria com o Instituto Histórico e Geográfico. O trabalho foi desenvolvido pelo estudante Raphael Aquino Encrenaz, sob a orientação da professora e coordenadora adjunta do curso de Arquitetura e Urbanismo, Maria Catharina Prata.

— O projeto trata-se de uma representação digital do cenário urbano do centro da cidade de Campos no ano de 1940, um ano simbólico para a história, em que a beleza de seus edifícios eram reflexo do momento de prosperidade em que vivia. O produto desse projeto é um vídeo produzido a partir da modelagem tridimensional, realizada através de referências obtidas em fotografias históricas disponibilizadas pelo Instituto Histórico e Geográfico — explicou o estudante do 9º período.

Raphael acredita que levar o projeto ao público do evento é uma maneira de despertar a consciência do campista para a importância de conhecer e preservar o patrimônio histórico da cidade.

Mais projetos — A coordenadora adjunta Maria Catharina Prata conta que, além do vídeo em 3D, foram apresentados resultados de outros trabalhos, como maquetes de espaços históricos e culturais do município. Também foi lançado o site Patrimônio Goitacá – Memória e identidade em Campos dos Goytacazes, que é produto do projeto de pesquisa "Preservação digital: turismo e memória" e reunirá diversos trabalhos que vêm sendo realizados ao longo do tempo por estudantes e docentes.

Para a professora, os projetos são extremamente importantes para a história e preservação patrimonial do município: "Eles têm um impacto muito grande para a cultura local. As pessoas precisam conhecê-los. O patrimônio precisa ser preservado. Ele é igual a uma obra de arte: se você passar um estilete em um quadro de Van Gogh ou se pegar fogo, por exemplo, acabou. Não tem como refazer, assim como o patrimônio. Se acontecer algo assim, o patrimônio acabou", afirmou.

O diretor de Ensino dos Cursos de Bacharelado e Superior de Tecnologia, Leonardo Sardinha, também destacou a importância dos trabalhos e afirmou ser necessária a divulgação dos resultados para a população.

— O curso tem desenvolvido importantes projetos na cidade, como as ações direcionadas à Lyra de Apollo, fruto da disciplina de "Projetos e Bens Culturais", ministrada pelo professor Humberto Neto. Já os projetos de pesquisa e extensão realizados pelos professores Luciano Falcão e Maria Catharina Prata possuem enfoque nos estudos de prioridades sobre a ocupação do espaço urbano ao longo do tempo, valorizando a identidade do povo que o concebeu. O IFF, campus Campos Centro, apoia e parabeniza, antecipadamente, todos os envolvidos nesse evento, docentes e discentes — declarou.