CAMPUS MARICÁ

Você está aqui: Página Inicial > Nossos campi > Maricá > Notícias > Artigo científico produzido no IFF Maricá fica em 1º lugar no IV Prêmio Novos Pesquisadores

Notícias

Artigo científico produzido no IFF Maricá fica em 1º lugar no IV Prêmio Novos Pesquisadores

Pesquisa

Trabalho 'O autismo em Maricá: a importância do diagnóstico precoce', escrito por uma aluna do Curso Técnico Integrado em Edificações, foi o vencedor da premiação realizada pela Prefeitura de Maricá.
por Comunicação Social do Campus Avançado Maricá publicado 20/12/2021 15h54, última modificação 20/12/2021 15h54
Exibir carrossel de imagens O Diretor Mendel Aleluia com a aluna Caroline e seu orientador Gabriel

O Diretor Mendel Aleluia com a aluna Caroline e seu orientador Gabriel

Um artigo científico produzido no Instituto Federal Fluminense (IFF) Campus Avançado Maricá foi o vencedor do IV Prêmio Novos Pesquisadores, uma iniciativa da Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Comunicações de Maricá voltada ao estímulo da produção científica pelos estudantes da educação básica. A cerimônia de premiação aconteceu nesta sexta-feira, dia 17 de dezembro, no auditório Manoel Lago, nova sede do Banco Mumbuca, no Centro.

Escrito pela aluna do 3º ano do Curso Técnico Integrado em Edificações do IFF Maricá Caroline Costa Barbosa, sob orientação do servidor Gabriel Gonçalves da Silva, o trabalho "O autismo em Maricá: a importância do diagnóstico precoce" ficou com o primeiro lugar entre os dez finalistas da categoria Ensino Médio. Caroline conta que a notícia da premiação foi recebida com uma mistura de grande alegria e surpresa.

"É bom demais ser recompensado por algo que nos esforçamos tanto. E, mais do que ganhar o prêmio, tem o fato de poder contribuir para um assunto tão importante. A ideia de escrever sobre o autismo em Maricá foi do Gabriel, que me convidou para trabalhar com ele nesse tema. Eu nunca havia participado de uma premiação de artigos científicos e posso dizer que foi uma experiência incrível. Apesar de cansativa, essa escrita foi muito rica de informações que vou levar para a vida", conta a estudante de 18 anos, que atua no campus como bolsista no Programa Jovens Talentos para a Ciência, por meio de edital de fomento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj).

Orientador do trabalho, o coordenador de Apoio Acadêmico do IFF Maricá, Gabriel Gonçalves, explica que a escolha do tema do artigo se deveu ao fato de o autismo ser algo que faz parte do dia a dia do campus.

"É um assunto que eu já tinha certa proximidade e que ficou em evidência na nossa comunidade quando passamos a ter alunos autistas. É um tema muito importante e que precisa ser debatido, não apenas na área acadêmica, mas de forma prática em toda a comunidade, de modo a termos uma sociedade mais justa e com mais respeito. Só tenho a agradecer à Carol por aceitar participar desse artigo e ao IFF pela oportunidade de desenvolvê-lo, além da Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Comunicações, por estimular os jovens no trabalho de pesquisa científica", ressalta Gabriel.

Menção honrosa

O Prêmio Novos Pesquisadores começou a ser realizado em 2017 pela Prefeitura de Maricá e desde sua primeira edição conta com alunos do Campus Avançado Maricá entre os finalistas. Este ano, além do primeiro lugar de Caroline e Gabriel, o artigo "A importância de políticas públicas voltadas à divulgação científica e à inovação e tecnologia para o desenvolvimento de uma cidade mais sustentável, humana, inteligente e mais justa", da estudante Ana Clara Segal Vidal Pessanha, sob orientação da professora Elane Maria Farias de Carvalho, ficou na quarta colocação e recebeu a menção honrosa do Prêmio Novos Pesquisadores. Outro trabalho do campus que ficou entre os finalistas foi o "Retratos da pandemia: um olhar sobre a Covid-19 em Maricá", do aluno Caio Dias de Castro, sob orientação do professor Alessandro Garcia da Silva.

"Temos mais uma vez, este ano, a alegria de ver nossos alunos entre os finalistas, com um resultado muito especial que é o artigo escolhido como primeiro colocado de uma estudante de nosso Curso Técnico Integrado ao Ensino Médio em Edificações. Isso muito nos orgulha por mostrar a pujança da nossa comunidade acadêmica e concretiza, mais uma vez, o tripé que marca o itinerário formativo dos nossos estudantes, que é a integração entre o ensino, a pesquisa e a extensão", destaca ao coordenador de Pesquisa e Extensão do campus, Fernando Gil Portela Vieira.

O diretor de Ensino, Pesquisa e Extensão do IFF Maricá, Mendel Aleluia, foi o representante da gestão do campus entre as autoridades presentes na premiação e destacou a importância do trabalho em conjunto com a prefeitura na consolidação do IFF no município. 

"Para além das premiações, que muito honram o nosso campus, essa iniciativa é mais um elo de consolidação da parceria entre o Instituto Federal Fluminense e a Prefeitura Municipal de Maricá, neste caso expressa pelo ótimo diálogo com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Comunicações do município", destacou o diretor.

O Prêmio Novos Talentos aceita artigos científicos de estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental, do último ano da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e do 3º ano do Ensino Médio, em temas de livre escolha, desde que relacionados à cidade de Maricá. O objetivo é estimular a inserção dos estudantes da educação básica em ações que integram o campo da pesquisa científica, desenvolvendo a curiosidade, a criatividade, o interesse e resgate histórico, o questionamento à realidade, o conhecimento de técnicas e instrumentos metodológicos e científicos.

Os três primeiros colocados de cada categoria, além de seus respectivos orientadores, receberam um notebook e um certificado como prêmio. A lista completa com os dez finalistas de cada categoria está disponível no site da Prefeitura de Maricá, que pode ser acessado AQUI.